Enastic: presidentes de tribunais estaduais participam de painel sobre tecnologia na gestão

“Lideranças: impacto da tecnologia da gestão” foi o tema do painel que contou com a participação dos presidentes dos tribunais do Rio de Janeiro, de Rondônia, da Bahia e do Rio Grande do Sul no segundo dia do 11º Encontro Nacional de Tecnologia e Inovação da Justiça Estadual (Enastic).

O desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo, presidente do TJRJ, ressaltou que intensificou o investimento em tecnologia na sua gestão, com estabelecimento de missões e prazos. Ricardo Cardozo disse que evitou a saída dos técnicos do Tribunal para o setor privado com a compensação financeira adequada e com a renovação do parque tecnológico.

O presidente do TJRJ falou também sobre os obstáculos a serem enfrentados no processo de modernização do Tribunal: “Hoje, eu vejo a resistência como um dos maiores desafios, porque somos um Poder conservador. Para sair da zona de conforto é preciso coragem”.

Além do desembargador Ricardo Cardozo, participaram do painel os desembargadores Alberto Delgado Neto, presidente TJRS; Raduan Miguel Filho, presidente do TJRO; Cynthia Maria Pina Resende, presidente do TJBA, que falaram da importância da tecnologia na gestão dos tribunais para que haja uma prestação jurisdicional rápida e eficiente.

 

O encontro, no plenário Ministro Waldemar Zveiter foi mediado pelo advogado Ademir Piccoli, ativista de inovação e CEO do J.EX.

Após o painel, os participantes foram convidados a conhecer o Laboratório IdeaRio e a Sala Íris, iniciativas citadas pelo presidente do TJRJ em sua fala. O secretário-geral de Governança, Inovação e Compliance, Carlos Mauro Brasil Cherubini, recebeu os convidados e explicou o funcionamento do laboratório de inovação.

Entre as autoridades que conheceram o espaço ao lado do presidente do TJRJ estavam, além dos palestrantes do painel, o 2º vice-presidente do TJMG, desembargador Renato Dresch; os juízes auxiliares da Presidência Fernanda  Xavier de Brito, Ana Paula Monte Figueiredo Pena Barros, Renata Guarino Martins e Alberto Republicano de Macedo Júnior; e o secretário-geral de Tecnologia da Informação, Daniel de Lima Haab.

 

IdeaRio

Idealizado para criar, receber e analisar ideias a fim de formatar novos projetos a serem desenvolvidos no âmbito do Poder Judiciário Estadual, o laboratório de inovação divide o mesmo corredor do Fórum Central. O IdeaRio visa à implementação de práticas inovadoras que possam melhorar a prestação jurisdicional, otimizar processos e promover uma justiça mais ágil, acessível e alinhada às necessidades da sociedade, buscando soluções criativas e eficientes.

 

Sala Iris

A Sala Íris possibilita que o TJRJ tenha um acompanhamento em tempo real do desempenho da prestação jurisdicional em todo o estado e das demais atividades administrativas. Isso é possível graças a uma equipe especializada na coleta de dados estatísticos e operação de sistemas tecnológicos que têm à disposição telas de projeção mostrando dados e indicadores referentes a cada serviço em execução no Tribunal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *