Eduardo Paes diz que não dará autorização para show de Bruno Mars no Rio devido à proximidade com eleições

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, escreveu nesta quarta-feira (8) em suas redes sociais que o município não vai dar autorização para o show de Bruno Mars na cidade no dia 4 de outubro. Segundo Paes, o motivo é a proximidade com o primeiro turno das eleições, no dia 6.

“O processo eleitoral exige uma mobilização muito grande de servidores para acontecer. Isso se dá principalmente em relação às forças policiais e à Guarda Municipal. Imaginar que vai se fazer qualquer grande evento no Rio de Janeiro (diria até que no Brasil) às vésperas das eleições é absurdo pela necessidade de mobilização de uma grande quantidade desses mesmos agentes públicos”, escreveu Paes.

“Informamos isso à produção do show do artista Bruno Mars no mesmo dia da divulgação da data do dia 04 de outubro para o show no Rio de Janeiro. Mesmo assim eles fizeram a venda de ingressos. A prefeitura do Rio de Janeiro não deu e não dará a autorização para o referido espetáculo na semana das eleições. Se os avisos dados não foram suficientes, que essa publicação sirva para não se imaginar que vai se criar uma situação irreversível. Fora desse período, será uma honra receber o artista Bruno Mars na cidade do Rio”.

Além da apresentação do dia 4, que teve ingressos esgotados, o músico americano tinha anunciado uma data extra para o dia 5 no Rio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *