Cláudio Castro destaca o reflexo do crescimento da indústria fluminense no desenvolvimento do Brasil, durante Fórum do Lide em Nova Iorque

Melhoria do ambiente de negócios, com concessão de incentivos fiscais, aumentou número de empresas interessadas em abrir ou ampliar negócios no RJ


O crescimento de 33% da indústria fluminense em 2023 e sua contribuição para o desenvolvimento do Brasil foram destaques no Fórum Lide, que reuniu empresários brasileiros e americanos nesta terça-feira (14/05), em Nova Iorque. No painel “As opções no Brasil para novos investimentos internacionais”, o governador Cláudio Castro apresentou os benefícios concedidos pelo RJ para o setor. No primeiro bimestre de 2024, o número de empresas industriais interessadas em abrir ou ampliar seus negócios no Estado do Rio dobrou em relação ao mesmo período de 2023.

– Houve melhoria do ambiente de negócios, com os incentivos fiscais que concedemos às indústrias com interesse em investir no estado. Apenas nos dois primeiros meses do ano, o aumento de 125% no quantitativo desses benefícios representa negócios que somam em torno de R$ 46 milhões. E nos próximos cinco anos, a análise de incentivos pode gerar cerca de R$ 1,7 bilhão em investimentos, que serão responsáveis pela geração de milhares de novos empregos para a população fluminense – explicou Cláudio Castro.

Durante a sua palestra, o governador lembrou ainda que o Rio de Janeiro é a 2ª maior economia do Brasil e tem o maior hub logístico da América do Sul, além de ser responsável por 20% da arrecadação federal: R$ 460 bi por ano. O estado possui um importante parque siderúrgico e ocupa a segunda posição no ranking nacional de produção, com 24,1%, e é segundo polo automotivo do país e segundo maior mercado consumidor.

–  O Estado do Rio mostra cada vez mais a sua importância para a economia do país. Em 2023, por exemplo, fechamos a balança comercial fluminense com superávit de US$ 20 bilhões. Em janeiro deste ano, o Rio de Janeiro respondeu por 16% das exportações nacionais, ocupando a segunda posição entre os estados que mais exportam. Ou seja: o nosso crescimento é fundamental e de grande interesse para o Brasil – ressaltou o governador.

Também participaram do painel os governadores Wilson Lima (Amazonas); Renato Casagrande (Espírito Santo); Mauro Mendes (Mato Grosso); Eduardo Riedel (Mato Grosso do Sul); Romeu Zema (Minas); Hélder Barbalho (Pará); e Ratinho Jr (Paraná).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *