Cirque Du Soleil volta ao Brasil com primeiro show no gelo da história da companhia; veja bastidores, preparação e inovações

O Cirque Du Soleil está de volta ao Brasil no mês em que festeja 40 anos. O espetáculo “Crystal”, que já foi visto por mais de 2 milhões de pessoas ao redor do mundo, combina a arte do circo com a técnica apurada da patinação no gelo.

Turnê

A turnê de ‘Crystal” começou em 2017 e reúne 97 pessoas, de 25 nacionalidades. O espetáculo já passou por 21 países e estreia este mês no Brasil, com apresentações no Rio de Janeiro e em São Paulo até o início de outubro.

A festa é embalada por uma trilha sonora que inclui versões criadas pela própria equipe do Cirque para músicas de artistas como Beyoncé, U-2 e a cantora Nina Simone.

Um integrante da diretoria da empresa que trouxe o Cirque du Soleil ao Brasil falou sobre a importância de ter espetáculos assim no país.

“Quando a gente olha o Cirque du Soleil, historicamente, cada espetáculo que você vai, você percebe uma evolução conectada na experiência do consumidor final. O gelo traz uma inovação incrível para o espetáculo. É uma dificuldade maior, mais foco. Determinação e muito mais focado numa experiência incrível”, diz Luiz Arruda, vice-presidente comercial e de marketing da Porto.

“Crystal” é a heroína que se aventura num lago congelado e cai no gelo. A partir daí, ela é levada a um mundo fantástico. Um universo que ganha vida a partir de 28 projetores que transformam o gelo em cenários mágicos.

 

Rastreadores colocados nos figurinos controlam 36 holofotes que acompanham a performance dos artistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *