Bruno Mars: após impasse, Rio e Brasília trocarão as datas da turnê, e shows no Engenhão estão confirmados

A Prefeitura do Rio de Janeiro chegou a um acordo com a Live Nation para a realização dos shows de Bruno Mars, depois do impasse que chegou a interromper a venda de ingressos.

A TV Globo apurou que, na turnê, Rio e Brasília trocarão de datas. Mars se apresentaria no Rio nos dias 4 e 5 de outubro e no Distrito Federal nos dias 17 e 18 de outubro.

É possível que haja algum ajuste, mas é certo que agora Bruninho inicie o giro no Brasil por Brasíliana 1ª semana de outubroe o encerre no Rio de Janeiro, no Estádio Nilton Santos (Engenhão), a partir de 14 de outubro — e depois de passar por São Paulo, cujas datas a princípio não serão alteradas.

O prefeito Eduardo Paes (PSD) já tinha dado um spoiler na noite desta quinta-feira (9), ao postar “Habemus Bruno Mars”, sem mencionar dias.

A frase remete ao processo de escolha de um Papa, quando, após a eleição entre os cardeais, um representante anuncia do alto da Basílica de São Pedro que os fiéis já têm um novo Sumo Pontífice: “Habemus Papam! [Temos um Papa!]”. Paes quis dizer que os cariocas enfim veriam Bruninho depois do impasse.

DF não tem eleição

No DF não há eleição este ano, motivo alegado por Paes para barrar o evento no Rio às vésperas do pleito. Brasilienses apenas votam para governador e deputados distritais.

Segundo a Prefeitura do Rio, a decisão de cancelar o show estava relacionada à necessidade de mobilização de servidores, especialmente das forças policiais e da Guarda Municipal, durante o processo eleitoral. A administração municipal considera inviável realizar um grande evento na cidade às vésperas das eleições, devido à demanda desses agentes públicos.

Como estava a turnê antes da troca

  • 4 de outubro: Rio de Janeiro (esgotado)
  • 5 de outubro: Rio de Janeiro (nova data)
  • 8 de outubro: São Paulo (esgotado)
  • 9 de outubro: São Paulo (esgotado)
  • 12 de outubro: São Paulo (nova data)
  • 13 de outubro: São Paulo (nova data)
  • 17 de outubro: Brasília (esgotado)
  • 18 de outubro: Brasília (nova data)

 

Em nota, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro apoiou e agradeceu a Prefeitura do Rio pela decisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *