14 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Brasil vence Montenegro na abertura do Pré-Olímpico masculino de basquete

O Brasil estreou com vitória no Pré-Olímpico masculino de basquete. Nesta terça-feira (2), a seleção esteve atrás durante a maior parte do jogo, mas virou no último quarto e bateu Montenegro por 81 a 72. O resultado encaminha a classificação brasileira para as semifinais do torneio, que acontece em Riga, na Letônia. A seleção verde e amarela voltará à quadra na próxima quinta-feira (4), contra Camarões, às 13h (de Brasília). Um novo resultado positivo fará com que os brasileiros, comandados por Aleksandar Petrovic, avancem na primeira posição do Grupo B.

 

Bruno Caboclo foi o grande nome e cestinha da partida, com 25 pontos. O pivô também se destacou no trabalho defensivo, fazendo frente a Vucevic, referência da seleção montenegrina. Marcelinho Huertas e Léo Meindl apareceram como outros destaques ofensivos do Brasil, anotando 17 e 10 pontos, respectivamente.

– Gosto de jogos assim, de enfrentar atletas fortes e bons como o Vucevic. Vou me adaptando à partida, entendendo e melhorando. Feliz com a atuação, com a confiança que o grupo tem em mim. Vamos melhorando no campeonato para buscar nosso objetivo, que é Paris – disse Caboclo, após o triunfo brasileiro.

Lucas Dias e Léo Meindl comemoram cesta — Foto: Fiba
Lucas Dias e Léo Meindl comemoram cesta

No primeiro tempo do jogo contra Montenegro, o Brasil cometeu erros cruciais. Perdeu sete posses ofensivas, teve só 44% de aproveitamento nos lances livres e não acertou nenhum arremesso de três. Foi para o intervalo com desvantagem de seis pontos no placar, porque, defensivamente, conseguiu conter o ímpeto montenegrino em muitos momentos, ainda que tenha cedido rebotes ofensivos ao adversário (9 a 5 para os europeus no quesito).

Ao voltar do intervalo, o Brasil acertou os primeiros arremessos de três na partida e passou a perseguir Montenegro no placar. Mas a virada só veio mesmo no último quarto, com sete pontos em sequência. A partir daí, os brasileiros conseguiram deslanchar no ataque e ter consistência defensiva. Assim, administraram a vantagem e garantiram a vitória por 81 a 72.

Para passar de fase em primeiro no Grupo B do Pré-Olímpico de Riga, o Brasil precisará derrotar Camarões na quinta-feira, às 13h (de Brasília). Caso chegue mesmo às semifinais, a equipe verde e amarela enfrentará uma seleção do grupo A: Filipinas, Geórgia ou Letônia, dona da casa. Só o campeão do torneio irá a Paris.

A seleção masculina quer voltar a disputar as Olimpíadas, já que não esteve nos Jogos de Tóquio, em 2021. No último Pré-Olímpico, disputado em Split, na Croácia, o Brasil chegou a ganhar as três primeiras partidas, mas foi superado na decisão e terminou sem a vaga.

Como a seleção feminina não conseguiu a classificação para Paris, a masculina ainda terá a missão de evitar que o basquete brasileiro esteja totalmente ausente das Olimpíadas. Em Tóquio, os dois times ficaram de fora dos Jogos ao mesmo tempo, o que não acontecia desde 1972.

Como foi Brasil x Montenegro

1º quarto: Brasil 15 x 23 Montenegro

O Brasil começou bem na defesa, mas pouco eficiente no ataque. Prova disso foi lance em que Gui Santos deu toco em arremesso montenegrino, mas o contra-ataque acabou desperdiçado por um erro de passe. Com o passar do tempo, Montenegro descobriu espaços para construir suas jogadas e abriu vantagem: 17 a 9. A pouco mais de três minutos do fim do quarto, Petrovic começou a mexer na equipe brasileira, mas a diferença na parcial se manteve, com vitória europeia por 23 a 15.

2º quarto: Brasil 21 x 19 Montenegro

A primeira cesta do quarto foi uma ponte aérea de Yago para Caboclo. Mas Montenegro conseguia se sobressair nos rebotes ofensivos e arremessava mais – a maior parte dos pontos, inclusive, eram marcados nas segundas tentativas. Os montenegrinos chegaram a abrir 13 pontos de vantagem (30 a 17). Mesmo sem liderar em nenhum momento e sem cestas de três, o Brasil melhorou e, na ida para o intervalo, estava seis pontos atrás: 42 a 36. Se tivessem convertido os cinco lances livres que perderam, os brasileiros estariam ainda mais perto no placar.

3º quarto: Brasil 16 x 14 Montenegro

Na terceira parcial, o Brasil voltou com bom ritmo de jogo e chegou a ficar dois pontos atrás de Montenegro. Quando teve a chance de empatar, porém, não aproveitou. Ao menos, encerrou a seca e acertou os dois primeiros arremessos de três na partida, com Bruno Caboclo e Lucas Dias. Os montenegrinos foram ao último quarto vencendo por 56 a 52.

Bruno Caboclo enterra em Brasil x Montenegro — Foto: Fiba
Bruno Caboclo enterra em Brasil x Montenegro

4º quarto: Brasil 29 x 16 Montenegro

O Brasil chegou com tudo para o último quarto. Sob a regência de Léo Meindl e Caboclo, a seleção marcou sete pontos em sequência e passou à frente pela primeira vez em toda a partida: 61 a 59. A partir daí, se construiu um equilíbrio, mas, aos poucos, os brasileiros deslancharam. A quatro minutos do fim, a seleção verde e amarela abriu cinco pontos, em bola de três de Lucas Dias. E a vantagem só aumentou, solidificando a vitória dos comandados de Petrovic.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *