Atacada por pitbulls, escritora Roseana Murray respira sem aparelhos e já se comunica com os filhos por estímulos

A escritora Roseane Murray, que foi atacada por pitbulls na rua onde mora em Saquarema, na Região dos Lagos, respira sem a ajuda de aparelhos e já se comunica com os filhos por estímulos, segundo médicos do Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

‘Ela é uma guerreira ao sobreviver esse ataque tão brutal’, disse um médico ao g1.

Neste domingo (7), a poetisa recebeu visita dos filhos. No quarto do CTI, eles conversaram com a mãe e disseram que “estavam ali com ela” e que logo, logo ela estaria em casa. Houve um aperto de mão e a mulher respondeu aos estímulos piscando os olhos e mexendo as mãos e os pés.

“Mãe, estamos aqui com você”, disse um dos filhos de Roseana.

Roseana foi atacada por três animais dos vizinhos da casa onde mora. Por conta da gravidade das mordidas, ela perdeu um dos braços e uma das orelhas.

Após os ataques, ela foi levada de helicóptero para o hospital, onde passou por cirurgias. A escritora precisou amputar o braço direito. Já o braço esquerdo foi reconstruído, assim como o lábio

Prisão preventiva

A Justiça converteu em preventiva a prisão dos três donos dos pitbulls que atacaram a escritora. O trio foi preso em flagrante, na sexta-feira (5), pelo crime de maus-tratos de animais.

Na decisão, a juíza Ariadne Vilela acolheu o pedido do Ministério Público para manter Ana Beatriz da Conceição, Kaíque da Conceição e Davidson Ribeiro dos Santos na prisão.

Segundo a sentença, eles tiveram omissão nos cuidados com os cães, mesmo após reiteradas notificações, alertas e pedidos dos vizinhos sobre o risco que esses cães que os animais.

O trio permanecerá preso por 90 dias até que a prisão seja revista pela justiça.

Os animais foram levados para um lar temporário após ser feita a perícia no lugar do ataque.

Segundo a equipe veterinária que esteve na casa onde os animais eram mantidos, eles não tem condições de ter animais de estimação, pois os cães estavam magros e vivendo em condições insalubres, e que o tratamento dados aos bichos contribuíam para a agressividade dos animais.

Ainda de acordo com os profissionais, os animais tinham livre acesso a rua, pois o muro é baixo e eles conseguiam pular, além dos portões ficarem constantemente abertos.

Receptação de moto roubada

Davidson foi identificado pela polícia como o responsável pela casa onde moravam os pitbulls. Durante as investigações, os policiais estiveram na residência e encontraram uma moto roubada no imóvel.

Davidson também vai responder por receptação de veículo roubado.

Arrastada por 5 metros

Segundo a comerciante Sandra Noleto, amiga de Roseana, durante o ataque a vítima foi arrastada por pelo menos 5 metros e teve o braço direito dilacerado.

Imagens feitas por moradores logo após o ataque mostram que a poetisa ficou com várias marcas de mordidas pelo corpo. Desde 2005, a legislação estadual exige que cães de algumas raças, entre eles, o pitbull, só circulem em locais públicos com guias e focinheiras.

Ataque durante caminhada matinal

Casa de onde saíram os pitbulls que atacaram Roseana — Foto: Arquivo pessoal
Casa de onde saíram os pitbulls que atacaram Roseana

Sandra e Roseana são amigas desde 2005. Sandra contou que a escritora tem o hábito de caminhar todos os dias de manhã. Nesta sexta, não foi diferente. Mas, por volta das 5h55, ela foi surpreendida e atacada pelos animais.

“Eu fui acordada pelos gritos de uma vizinha pedindo ajuda, porque a Roseana estava sendo atacada pelos cachorros. Eram três animais de uma casa que foi invadida há algum tempo. Quando eu vi, eles tinham arrastado ela e estavam comendo o braço”, contou Sandra.

 

De acordo com a amiga, Roseana gritava por socorro e estava sentindo muita dor. “Como ela foi arrastada, ela ficou com o braço atacado debaixo do corpo. Chamamos o Corpo de Bombeiros e, pela gravidade, eles a socorreram de helicóptero”.

Outros ataques

Sandra contou ainda que os animais que atacaram a escritora já haviam mordido outras pessoas na mesma rua.

“Não é a primeira vez que isso acontece. Outros vizinhos já fizeram registros de ocorrência porque os animais morderam pessoas da rua. Ele cria esses animais há muito tempo. Espero que a minha amiga saia dessa, porque ela saiu daqui muito mal. Além disso, esperamos uma resposta das autoridades para que esse cara seja punido.”

 

Um helicóptero do Corpo de Bombeiros foi utilizado no resgate da vítima em Saquarema — Foto: Divulgação
Um helicóptero do Corpo de Bombeiros foi utilizado no resgate da vítima em Saquarema

Lei exige guia e focinheira em pitbull

Desde 2005, a lei estadual 4.597 determina que animais das raças pitbull, fila, doberman e rotweiller só circulem por locais públicos – como ruas, praças, jardins e parques -, sendo conduzidos por maiores de 18 anos, usando guias e focinheira apropriados.

O caso foi registrado na 124ª DP (Saquarema), que investiga os crimes de maus-tratos a animais, lesão corporal culposa e omissão na cautela de animais. Os animais ficarão em um abrigo da Secretaria Municipal dos Direitos dos Animais de Saquarema.

De acordo com dados do Hospital Estadual Alberto Torres, nas últimas três semanas 8 crianças e 2 idosos deram entrada na unidade atacados por cachorros.

Essas vítimas foram mordidas em Niterói, São Gonçalo, Magé, Araruama e Cachoeiras de Macacu. Duas crianças ainda continuam internadas. Ninguém morreu.

Obra

Roseana Murray nasceu em 1950, no Rio. Formada em Literatura Francesa pela Aliança Francesa, Universidade de Nancy, começou a escrever poesia para crianças no início da década de 1980.

Ela tem cerca de 100 livros publicados e recebeu prêmios como o da Associação Paulista de Críticos Teatrais (APCA), da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e da Academia Brasileira de Letras (ABL).

A poetisa também faz parte da Lista de Honra do Conselho Internacional sobre Literatura para Jovens (Ibby, na sigla em inglês), da qual a FNLIJ é representante. Roseana promove o incentivo à literatura e participa de saraus em outros estados.

A escritora é casada com o jornalista Juan Arias Martínez, de 91 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *