Angra realiza caminhada de conscientização sobre o autismo

Angra dos Reis realizou a 10ª edição da Caminhada de Conscientização do Autismo, na manhã desta terça-feira, 2 de abril. O evento foi organizado pela Comissão Divulgadora do Autismo (CDA), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania Social e o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMDPD). O objetivo principal da caminhada foi disseminar informações e promover a inclusão da comunidade autista na sociedade. A data foi escolhida para celebrar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) para reduzir a discriminação e o preconceito contra indivíduos com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Centenas de pessoas se reuniram na Praça General Osório, ponto de encontro antes da caminhada. O evento contou com a presença de famílias, profissionais da área da saúde, autoridades locais e membros da comunidade. O percurso da caminhada foi pela rua do comércio no centro, finalizando na Praça Nilo Peçanha, em frente à prefeitura.

Marilda Pires, mãe e avó de autista e uma das organizadoras do evento, destacou a importância da caminhada para sensibilizar a sociedade sobre as necessidades e desafios enfrentados pelas pessoas com autismo. Ela ressaltou que é fundamental que a sociedade compreenda que o autismo não é uma doença, mas sim uma condição neurobiológica que requer apoio e compreensão.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania, em parceria com o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMDPD), tem trabalhado para oferecer um atendimento mais especializado e adequado às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) em Angra dos Reis.

– Eventos como este são fundamentais para promover a inclusão e a igualdade de oportunidades para todas as pessoas, independentemente de suas diferenças. Essa caminhada é uma forma de chamar a atenção para os autistas e demonstrar como eles precisam do nosso apoio. O governo municipal tem participado e ouvido as reivindicações dos autistas. Uma iniciativa importante a ser destacada é a criação das carteirinhas para os autistas. Atualmente, 588 autistas em Angra já possuem esse documento de identificação, que tem sido de grande importância – destacou a secretária de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania, Thaísa Bedê.

 

CARTEIRA DE IDENTIFICAÇÃO DO AUTISTA

Os interessados em obter a Carteira de Identificação do Autista devem acessar o site https://www.sociaut.com/cidade-emissao-cartao e preencher todos os campos para solicitar a identificação. Após o preenchimento do cadastro, o responsável receberá o retorno da empresa responsável pela elaboração do cartão, informando se os dados foram corretamente preenchidos ou se necessitam de algum ajuste.

Após essa etapa, o cartão poderá ser retirado, após 20 dias, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo ou na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania/Secretaria Executiva de Assistência Social, localizada na Praça Guarda Marinha Greenhalgh, s/n – São Bento. A retirada pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

A Carteira de Identificação do Autista é uma política pública que visa beneficiar a vida de cidadãos com espectro autista e seus familiares, facilitando o acesso a serviços públicos e privados, promovendo cidadania, segurança e dignidade para esse público.

O documento contém diversas informações do autista na parte frontal, como nome completo, data de nascimento, CPF, classificação do transtorno, tipo sanguíneo, número do cartão do SUS, telefone para contato e foto, além de 3 QR Codes na parte traseira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *