Vítor Pereira erra para acertar e Flamengo vira sobre o Volta Redonda com dois de Gabigol

O plano era ajustar o time nas duas partidas pelo Estadual após o Mundial, antes da decisão da Recopa, em busca de maior equilíbrio entre defesa e ataque. E no primeiro compromisso, o Flamengo de Vítor Pereira entrou modificado, com Vidal no lugar de Éverton Ribeiro, e começou andando para trás até o meia ser acionado.

O time rubro-negro se recuperou e virou a partida em 3 a 1 depois de começar perdendo para o Volta Redonda, com direito a pênalti perdido por Gabigol, que na etapa final fez dois gols. Pedro completou. O treinador, que começara o jogo com três volantes, terminou com um, o quarteto ofensivo de volta e ainda lançou Cebolinha, que fez excelente partida. Pereira errou para acertar ao entender que no Flamengo a melhor defesa é o ataque.

A modificação tática inicial tentou dar maior consistência ao Flamengo. Conseguiu em partes. O time teve mais força no combate sem a bola, mas perdeu entrosamento e teve que se reencontrar no novo formato. Thiago Maia errou muitos passes, Gerson ficou perdido, e Vidal se desdobrou e correu sem rumo, se excedendo nas faltas. Deveria até ser expulso.

No ataque, faltaram peças e ideias. Gerson não apoiou bem, Arrascaeta esteve lento e Pedro e Gabigol não receberam as bolas devidas. Sem apoio dos laterais, o time era previsível na criação, e só levou perigo em bola que sobrou para Arrascaeta e o uruguaio acertou o travessão.

No fim do primeiro tempo, o Volta Redonda explorou a deficiência rubro-negra na transição defensiva e saiu na frente. Em boa troca de passes, Luizinho tocou com categoria na saída de Santos.

Depois do gol, o Flamengo teve oportunidade de empatar em pênalti polêmico marcado sobre Gabigol. O camisa 10 parou no goleiro Vinicius Dias, o que aumentou a impaciência da torcida.

Depois de mudanças no segundo tempo, veio a reação. Entrou exatamente Éverton Ribeiro, no lugar de Gerson, que sentiu uma pancada. O camisa sete foi quem iniciou a jogada por dentro que passou por Pedro e parou em Gabi, entrando livre, para tocar pelo alto e empatar.

Em seguida, Vítor Pereira fez outras trocas e lançou o time de vez ao ataque. Matheuzinho foi improvisado na esquerda, na vaga de Ayrton, Cebolinha entrou no lugar de Thiago Maia, e Pulgar substituiu Vidal. Tornando-se o único volante em campo. A bola chegou mais na área. Desta vez com Arrascaeta, que Gabi completou. No fim, Pedro escorou após bela triangulação que começou com Arrascaeta e teve passe de Cebolinha.



Com o resultado, o Flamengo segue líder do Campeonato Carioca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *