Vítimas que morreram após ônibus de turismo do Rio de Janeiro tombar na Bahia são identificadas; 23 passageiros ficaram feridos

Sete das nove vítimas que morreram após um ônibus de turismo tombar na manhã desta quinta-feira (11), na BR-101, no trecho da cidade de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, tiveram os nomes divulgados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) do município. Veja abaixo:

  1. Cléa da Conceição Faria;
  2. Conceição Maria dos Santos Rangel;
  3. Glória Regina do Nascimento Cunha;
  4. Irapuã de Azevedo;
  5. Maria José Nicomedes Sinfrônio;
  6. Regina Maura Feitosa;
  7. Valter Nery.

 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no km 885 da rodovia, por volta das 4h30, no sentido do distrito de Posto da Mata, e 23 pessoas ficaram feridas.

 

O veículo saiu do Rio de Janeiro, e o destino era Porto Seguro, também no extremo sul baiano. O trajeto completo entre as duas cidades é de cerca de 1.100 quilômetros.

As vítimas feridas foram levadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas. Não há detalhes sobre o estado de saúde delas.

Informações iniciais passadas pela PRF apontam que 34 pessoas estavam no ônibus. Oito passageiros morreram no local e 24 ficaram feridos. Os dois motoristas não tiveram ferimentos. Por volta das 9h30, a morte da nona vítima foi confirmada. Ela estava no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas e não resistiu aos ferimentos após uma cirurgia.

 

O ônibus da empresa RM Viagens e Turismo saiu do bairro da Penha, Zona Norte do Rio, às 13h de quarta-feira (10) e tinha previsão de chegar em Porto Seguro às 9h desta quinta.

Ao programa Encontro, da TV Globo, Vânia Mathias de Jesus, uma das passageiras, disse que acredita que o motorista do ônibus perdeu o controle da direção do veículo após ser atrapalhado pelo farol de um caminhão. No entanto, a causa do acidente segue em investigação pela Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil.

Ônibus habilitado para transporte

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que o ônibus envolvido no acidente é habilitado para o transporte interestadual de passageiros na modalidade fretamento. O veículo também possui Certificado de Segurança Veicular (CSV) e tacógrafo regularizados.

Segundo a ANTT, a ocorrência de acidentes exige a comunicação dos fatos, sendo abertos procedimentos para verificação das condições de segurança conforme a causa. A Agência informou ainda que também fornecerá todas as informações necessárias, quando solicitadas, às autoridades de segurança pública para apoiar as investigações.

Empresa informou que presta suporte

Em nota, a RM Turismo informou que está empenhada em prestar todo o suporte necessário aos envolvidos e que se coloca à disposição para fornecer qualquer informação para auxiliar no que for preciso para amenizar os impactos do acidente.

“Expressamos nossos mais sinceros sentimentos aos envolvidos e reiteramos nosso compromisso com a segurança e o bem-estar de nossos clientes em todas as nossas viagens, é nossa prioridade. Que Deus abençoe e conforte a todos”, disse a empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *