Um ato de amor que salva vidas: Hospital Municipalizado Adão Pereira Nunes celebra o Dia Mundial de Doação de Leite Humano

Em comemoração ao Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado anualmente no dia 19 de maio, a Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria de Saúde e da direção do Hospital Municipalizado Adão Pereira Nunes, realizou um evento no auditório do HMAPN com o objetivo de chamar a atenção para a importância desse ato generoso, que faz toda a diferença na vida de milhares de recém-nascidos prematuros e de baixo peso em todo o mundo.

De acordo com uma das organizadoras do encontro, Isabel Redigolo, coordenadora e responsável técnica do “Banco de Leite Humano Margareth Magalhães Costa e Silva”, do HMAPN, desde que começou a existir bancos de leites em todo o mundo o índice de mortalidade nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) caiu vertiginosamente. “O leite humano é o único alimento totalmente preciso para aquele recém-nascido que necessita”, declarou Redigolo.

Presente no evento, e com uma história de altruísmo, a moradora do distrito de Xerém, Marcela Braga, de 32 anos, contou que sempre teve o sonho de amamentar. “O meu filho parou de amamentar no peito aos três meses, mas como eu sempre fui estimulada a doar leite materno, nunca parei de produzir. Desta forma ainda consigo alimentar o meu filho, que hoje tem sete meses, e também doar meu leite para outros nenéns que precisam”, disse a técnica em nutrologia.

Já a psicóloga Bárbara Teixeira, de 31 anos, mãe de Aurora Teixeira, de quatro meses, contou que tem excesso de produção de leite e resolveu doar para outras crianças. Bárbara ainda convidou outras mães para este importante gesto. “Tem sido uma experiência muito boa poder doar. Sabemos o quanto é difícil estar nesse lugar na maternidade, com seu bebezinho na UTI. Então, quem puder ajudar será muito bem-vinda”, propôs a moradora do bairro Vila São Luís.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *