Teresópolis é contemplada com 40 vagas do programa estadual Empreenda + Mulher

Secretária estadual da Mulher, Heloisa Aguiar, assina o termo de cooperação técnica oficializando o lançamento do programa Empreenda + Mulher

Um grupo de empreendedoras de Teresópolis participou nesta terça, 14/03, da assinatura do Termo de Cooperação Técnica, entre as secretarias de Estado da Mulher e de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, que marcou o lançamento do programa Empreenda + Mulher.

Com transporte garantido pela Prefeitura de Teresópolis, o grupo foi acompanhado pela secretária municipal dos Direitos da Mulher, Margareth Rosi, que representou o Prefeito Vinicius Claussen na cerimônia, realizada no Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro.

O programa prevê várias ações, como mapeamento de oportunidades, oferta simplificada de crédito e capacitação para a administração de negócios, entre outras iniciativas para fortalecer a presença feminina no mundo dos negócios, e destinou 40 vagas para mulheres empreendedoras de Teresópolis.

As secretarias municipais dos Direitos da Mulher e de Trabalho, Emprego e Economia Solidária vão organizar e definir os procedimentos para a oferta dessas 40 vagas, junto com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher.

“Parabenizo a iniciativa do Governo do Estado, de lançar no mês dedicado a nós um programa que pretende fazer a diferença na vida das mulheres. Teresópolis é atuante nessa área e vem fazendo história com políticas públicas voltadas para o público feminino. Entre elas, a criação do programa municipal de abrigamento provisório e do auxílio aluguel para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Temos ainda a parceria com a equipe da ‘Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida’, da Polícia Militar, e com a Universidade Estácio de Sá de Petrópolis para a oferta de um serviço de apoio terapêutico”, ressaltou Margareth Rosi, secretária dos Direitos da Mulher de Teresópolis.

Ampliando o acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica ou de gênero, a Secretaria dos Direitos da Mulher mantém em funcionamento o Núcleo de Atendimento à Mulher (NUAM), instalado na 110ª Delegacia Policial, o Núcleo de Atendimento à Mulher no CRAS Meudon e o Posto Avançado de Atendimento à Mulher (PAM) na Rodoviária. Existe ainda o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), na sede da secretaria, que oferece atendimento psicológico, assistência social e jurídica para as assistidas.

“Nossa secretaria está sempre de portas abertas para acolher essas mulheres, direcioná-las e acompanhá-las para o atendimento mais indicado de acordo com a situação que estiverem vivendo”, concluiu Margareth Rosi.

O evento

O lançamento do programa Empreenda + Mulher contou com mesa de conversa, onde mulheres empreendedoras e multiplicadoras compartilharam suas histórias e atuações profissionais. Entre elas, a Primeira-dama do Governo do Estado, Analine Castro; a secretária estadual da Mulher, Heloisa Aguiar, e a secretária nacional de Planejamento, do Ministério de Planejamento e Orçamento, Leny Lemos. Rodada de negócios exclusiva para empresas lideradas por mulheres e linha de crédito específica para o público feminino completaram a programação. 

As empreendedoras da caravana de Teresópolis aproveitaram ao máximo a oportunidade. “Os depoimentos de mulheres de sucesso foram muito motivacionais e a possibilidade de ter um crédito diferenciado no mercado pode auxiliar muito as empreendedoras que necessitam de ajuda financeira. O network feito entre empresas e empreendedoras pode gerar bons frutos para todos. O importante é que este trabalho continue sendo feito. Juntas, somos mais fortes”, avaliou a arquiteta e perita Luciana Brito Quaresma Coelho.

“O Empreenda + Mulher contribuiu para ampliar a nossa visão empreendedora. Ouvir a trajetória de mulheres que conseguiram alcançar seus objetivos foi muito motivador! Pra mim, foi um momento de teoria e prática. Tempo de ouvir e aprender, de criar e fazer contatos. Um evento valioso, agradeço pela oportunidade. Que venham outros”, assinalou a empreendedora Leila Coutinho, do segmento de vestuário feminino.

Organizada pelas secretarias municipais dos Direitos da Mulher, de Trabalho, Emprego e Renda e de Fazenda, por meio do Espaço do Empreendedor, a caravana de Teresópolis foi resultado de ação conjunta entre as instituições integrantes do ‘Pra Cima Terê – Programa Estratégico de Fortalecimento Econômico e Geração de Empregos’ e a Viação Teresópolis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *