Secretaria de Meio Ambiente de Mangaratiba multa CCR em R$ 30 milhões

Nesta quarta-feira (14) a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Mangaratiba multou em R$ 30 milhões de reais a empresa CCR RioSP por cometer infração ambiental em área de proteção permanente do município. A sanção foi aplicada após técnicos da Secretaria flagrarem o armazenamento indevido de materiais com características asfálticas e poluentes próximo a rios e mangues da cidade.

A aplicação da multa foi um desdobramento da fiscalização ambiental realizada na última segunda-feira (12), que culminou no embargo do depósito da CCR.  No local, que fica às margens da Rodovia Rio Santos, há uma montanha de materiais alocados a apenas 7 metros do rio Furado e de manguezais. De acordo com a legislação ambiental vigente, a área mínima permitida para este tipo de armazenamento é de 50 metros.

Vale lembrar que além da penalidade, a empresa tem agora 48 horas para efetuar a remoção dos resíduos armazenados no depósito embargado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *