25 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Rio Open reforça compromisso com sustentabilidade com ações da plataforma Rio Open Green em 2023

O Rio Open, principal torneio de tênis da América do Sul e um dos maiores da América Latina, celebra mais uma conquista em sua notável trajetória esportiva. O evento internacional do circuito da ATP, prestes a comemorar sua décima edição em 2024, recebeu pelo terceiro ano consecutivo o prestigiado certificado de ‘Carbono Neutro’ da Organização das Nações Unidas (ONU). Tal reconhecimento é fruto dos esforços voluntários em neutralizar o impacto climático do torneio realizado neste ano, entre os dias 18 e 26 de fevereiro, e mitigar as emissões de CO2 provenientes tanto do evento em si quanto do deslocamento dos espectadores, somando cerca de 60.000 pessoas por ano.

 

Ao longo das três edições mais recentes do Rio Open, as iniciativas sustentáveis da plataforma Rio Open Green têm sido eficazes, resultando na neutralização de 2.970 toneladas de CO2e. Essa conquista se materializa através de créditos de carbono derivados da produção de energia renovável da Jirau Energia, usina que tem como acionistas ENGIE (40%), Eletrosul (20%), Chesf (20%) e Mitsui (20%). A ENGIE é patrocinadora do Rio Open.

 

“O recebimento do certificado de carbono neutro da ONU é comparável a um troféu para a equipe do Rio Open. Da mesma forma que os tenistas se esforçam intensamente na quadra para vencer o torneio, nós, fora dela, dedicamos considerável empenho para garantir que o evento alcance sucesso também na sustentabilidade. Nossos empenhos não se limitam somente às atividades diretas da organização, mas também incluem a conscientização dos espectadores do Rio Open, estimulando a participação individual nesta iniciativa. Estamos profundamente satisfeitos com a parceria com a ENGIE e aspiramos a nos tornar uma referência nacional em sustentabilidade “, afirmou Marcia Casz, diretora geral do Rio Open.

 

 

“Fiéis ao nosso propósito de agir para acelerar a transição energética, inserimos a descarbonização do Rio Open como uma de nossas atribuições ao patrocinar o evento. Desta forma, materializamos nossa ambição e engajamos o público no tema da transição energética”, expressou Gil Maranhão Neto, diretor de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa da ENGIE.

 

 

Rio Open 2023 alcança 90% de reciclagem de resíduos

Fiel ao seu compromisso com a sustentabilidade, o evento conseguiu reciclar 90% dos resíduos produzidos durante sua edição deste ano, incluindo os resíduos orgânicos destinados à compostagem. Além da neutralização das emissões de carbono provenientes do torneio e dos espectadores, a reciclagem representa uma ação prioritária no pilar da sustentabilidade da plataforma Rio Open Green. Apenas 10% do resíduo total do evento foi enviado para o aterro, incluindo todo o período de montagem e desmontagem, fato considerado um marco importante na história do torneio.

 

O engajamento do Rio Open em práticas sustentáveis é uma jornada que começa muito antes do início do torneio, incorporando princípios de circularidade na gestão dos resíduos e investindo em ações que contribuem para atingir as metas de reciclagem. Este processo abrange três fases: redução, reciclagem e reutilização. Um exemplo concreto é a disponibilização de copos reutilizáveis nos bares. Quanto à reciclagem, medidas são implementadas para encaminhar resíduos orgânicos para compostagem e demais materiais recicláveis para cooperativas licenciadas. Além disso, todos os fornecedores de alimentos e bebidas adotam materiais recicláveis em suas operações.

 

A reutilização de materiais também foi foco da gestão dos resíduos do Rio Open. Durante o torneio, as cordas das raquetes utilizadas nas competições foram transformadas em pulseiras, disponíveis para compra na loja oficial, a La Boutique. A organização do evento contribuiu ativamente, fornecendo lonas para cooperativas parceiras, coletando tampinhas de garrafas para iniciativas futuras e redirecionando bolas e sobras de uniformes para projetos sociais.

 

O Rio Open, ao chegar à sua décima edição de 19 a 25 de fevereiro de 2024 no Jockey Club Brasileiro (RJ), ostenta uma galeria de campeões que inclui nomes como Rafael Nadal, David Ferrer, Pablo Cuevas, Dominic Thiem, Diego Schwartzman, Laslo Djere, Cristian Garin, Cameron Norrie e Carlos Alcaraz. Além disso, o torneio teve a oportunidade de receber tenistas do top 10 do ranking da ATP, como Kei Nishikori, Jo-Wilfried Tsonga, John Isner, Marin Cilic, Gael Monfils e Fabio Fognini.

 

O Rio Open é uma realização da IMM com o apoio do Instituto Carioca de Tênis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *