Prefeitura de Pinheiral lança projeto de equoterapia que contemplará crianças e adolescentes da cidade com doenças múltiplas

O ingresso dos usuários será feito mediante encaminhamento médico especializado

Uma parceria entre a Prefeitura de Pinheiral, Instituto Federal do Rio de Janeiro, APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e a ACA (Associação Coletivo Azul) vai oferecer atividades de equoterapia de forma gratuita para crianças e adolescentes do município portadoras de doenças múltiplas. O projeto intitulado “Passo e Trote que Transformam” foi lançado nesta quinta-feira, 14, no auditório do IFRJ e tem como coordenadores, Flávia Ferreira, Luiz Cláudio da Conceição e Rosângela Terra.

O ingresso dos usuários será feito mediante encaminhamento médico e especialistas neurologistas e psiquiatras infantis da rede municipal e da APAE. Após esse processo, a Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) encaminhará o paciente ao Centro de Reabilitação Carmen Vergetti Leite Franco, onde passará por avaliação de elegibilidade com os profissionais de fisioterapia e psicologia.

As atividades serão realizadas na unidade Campus Pinheiral, às terças e quintas-feiras e atenderão estudantes da APAE – Pinheiral e crianças encaminhadas pela rede municipal de Saúde, com necessidades de tratamentos terapêuticos, motores e de equilíbrio.

A Prefeitura local custeou a capacitação da equipe do projeto pela Ande Brasil (Associação Nacional de Equoterapia), a adequação do local onde acontecerão as aulas e investiu na aquisição de equipamentos.

Para facilitar a participação dos alunos com dificuldade de locomoção, há uma rampa de acesso disponível. Além disso, estagiários estarão presentes para auxiliar no equilíbrio durante as atividades e os trabalhos com os animais serão adaptados conforme a necessidade de cada paciente.

Atualmente, a unidade conta com cinco animais dóceis e pacientes: Lua, Feiticeira, Flórida, Honda e Toddy.

Estiveram presentes no evento, o prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, vice-prefeita Sediene Maia, a atual diretora geral do campus, Lívia Gil, ex diretor de Extensão, Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, o professor Marcos Fabio Lima, a presidente da APAE, Wilmar de Castro, coordenadora do Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Específicas, Luciana de Macêdo Francisco Azeredo, diretor de administração Sandro e a diretora de apoio técnico ao ensino e à produção Vanessa Macedo, os secretários de Saúde, Everton Alvim, do Ambiente e Desenvolvimento Rural, Fábio Nogueira, Desenvolvimento Econômico, Júlio Barbosa, vereador Demóstenes, além da equipe de educação especial da secretaria de Educação especial local e outros servidores da prefeitura e do instituto.

Vale destacar que no mês passado, a Prefeitura de Pinheiral anunciou também que oferecerá aulas gratuitas de hidroginástica e natação voltadas para crianças e adolescentes de até quinze anos de idade da cidade. A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Prefeitura, Centro Universitário de Volta Redonda (UniFOA) e MRS Logística.

A equoterapia é uma forma de terapia que utiliza o cavalo como instrumento terapêutico. Ela é aplicada por profissionais de saúde habilitados, como fisioterapeutas, psicólogos e fonoaudiólogos, e visa promover o desenvolvimento físico, emocional, cognitivo e social de pessoas com necessidades especiais ou com algum tipo de deficiência. Por meio do contato com o cavalo e da prática de atividades adaptadas, a equoterapia pode proporcionar diversos benefícios, como melhora na postura, coordenação motora, equilíbrio, autoconfiança, concentração, além de estimular o vínculo emocional e a interação social.

O prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, expressou sua gratidão por mais esta iniciativa importante para os moradores da cidade e ressaltou o compromisso do município em fornecer serviços adequados e de qualidade para promover o desenvolvimento das pessoas com deficiências.

– É uma satisfação termos mais esse serviço com a chancela do IFRJ, além se ser um importante avanço da nossa cidade na oferta de serviços às pessoas com deficiências. Agradeço a parceria do IFRJ, APAE, ACA e Secretaria municipal de saúde, a atual diretora geral da instituição federal Lívia Gil e  o ex- diretor da unidade e meu amigo, Marcos Fábio, ao secretário de Saúde, Everton Alvim, ao presidente da APAE, WiIlmar de Castro e à Associação Coletivo Azul. Temos a certeza de que essas atividades proporcionarão mais qualidade de vida para os alunos atendidos. Agradeço ao IFRJ por abrir as portas da instituição e esperamos poder atender o máximo de pacientes possível- afirmou o prefeito.

O secretário municipal de saúde, Everton Alvim, destacou a equoterapia como uma iniciativa valiosa que reforça o compromisso da Prefeitura de Pinheiral em oferecer serviços inclusivos e de qualidade.

– Estamos entusiasmados com essa parceria e confiantes de que essa terapia trará benefícios significativos para as crianças e adolescentes portadores de doenças múltiplas. Acreditamos no potencial transformador dessa atividade e estamos empenhados em garantir que todos tenham acesso a ela de forma equitativa. Agradeço ao prefeito Ednardo Barbosa pela confiança depositada em mim e em toda a minha equipe, assim como aos colaboradores deste projeto- disse o secretário.

A coordenadora do projeto e médica veterinária do IFRJ, Rosângela Terra, afirmou que os animais são selecionados com muito cuidado para que possam transmitir tranquilidade para os alunos durante as atividades.

– A interação com os cavalos durante as sessões de equoterapia promove o desenvolvimento motor, a autoconfiança e a socialização, proporcionando um apoio fundamental para esses indivíduos enfrentarem os desafios impostos pelas suas condições de saúde.  Ao todo serão trinta minutos de atividades que irão estimular os alunos durante este período . Meu agradecimento às minhas colegas de equipe por todo empenho e dedicação para chegarmos até aqui, aos estagiários por toda ajuda de sempre, saibam que vocês são fundamentais em todo o processo e principalmente aos animais por serem tão generosos durante as ações- falou a coordenadora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *