Prefeitura de Japeri realiza formação de educadores sobre a alfabetização na contemporaneidade 

Capacitação ‘Compartir-letrar’ ofereceu oficinas de para potencializar o letramento dos alunos da Rede Municipal
Nesta terça-feira, 28, 160 professores da Rede Municipal de Japeri do 1º e 2º ano do ensino fundamental e das fases iniciais da Educação de Jovens e Adultos (EJA) se reuniram no auditório da Escola Municipal João XXIII para participar da formação ‘Compartir-letrar: Alfabetização na Contemporaneidade’.
Promovida pela Prefeitura de Japeri, através da Secretaria Municipal de Educação, a capacitação teve como objetivo desenvolver profissionalmente os educadores, fomentar a troca de experiências e aprimorar as práticas educativas. Diversas estratégias pedagógicas foram discutidas, com foco em métodos inovadores para melhorar a qualidade do ensino na rede municipal.
A palestra foi conduzida por Cláudia Arcenio, professora da Rede Municipal de Nova Iguaçu e do Estado do Rio de Janeiro, pesquisadora do LAERTARE/UFRRJ, especializada em Alfabetização e Letramento, e Doutora e Mestre em Educação Contextos Contemporâneos e Demandas Populares pela UFRJ. Cláudia explicou que o ‘Compartir-letrar’ é uma oficina de atividades focadas nas hipóteses de escrita e no letramento. 
“É muito importante que os professores entendam as hipóteses escritas e pensem em estratégias para ajudar os alunos a superarem as fases iniciais e alcançarem a escrita alfabética e ortográfica”, afirmou Cláudia.
Estiveram presentes na formação Gisele Carla, Diretora de Ensino da Secretaria Municipal de Educação, a coordenadora pedagógica Alessandra Ferreira e a professora e orientadora, coordenadora da EJA na Secretaria Municipal de Educação, Renata Russo. Alessandra destacou a importância da formação contínua.“Essa formação é importante, além de capacitar, para melhorar a alfabetização na sala de aula, promove a troca de experiências.”
Já Renata acrescentou que a EJA enfrenta um grande desafio com o número crescente de alunos adultos que ainda não são alfabetizados e têm dificuldades. “Se não avançarmos na alfabetização, eles não conseguem progredir. Essa formação vai contribuir ainda mais para preparar os alunos para a vida e melhorar suas habilidades”, disse Renata.
A oficina também contou com a apresentação musical de alunas da Escola Municipal Darcílio Ayres Raunheiti, acompanhadas pela professora da sala de leitura, Mônica Maria da Silva de Farias, que expressou sua satisfação em participar do evento. “Fico muito feliz de trazer elas. A apresentação foi linda porque mostrou a importância da alfabetização na prática com música”, disse Mônica.
A professora Roberta de Assis destacou a importância da formação: “Essa formação aumenta o conhecimento do professor e a alfabetização é muito importante para o desenvolvimento da criança. A capacitação é extremamente proveitosa”, disse Roberta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *