22 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Parceria entre Prefeitura de Niterói e UFF investe no ensino da Língua Portuguesa na rede municipal

Além de estimular a aprendizagem dos alunos, iniciativa fortalece laços entre poder público e universidade

Uma parceria entre a Prefeitura de Niterói, a Universidade Fluminense (UFF) e a Fundação Euclides da Cunha vem potencializando o ensino da Língua Portuguesa nas escolas municipais. Com o objetivo de melhorar a qualidade nas práticas de letramento – o uso competente da leitura e da escrita – uma equipe de professores e estudantes da graduação e pós-graduação da UFF participam do projeto “Ensino de língua portuguesa no século XXI: pesquisa, teoria e prática”, uma das iniciativas selecionadas pelo Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados (PDPA), que conecta projetos de excelência que oferecem contribuições para a sociedade com a verba necessária para que sejam executados.

O secretário municipal de Educação, Bira Marques, destaca a importância da iniciativa. “Esse projeto só reforça a parceria entre a Prefeitura de Niterói e a universidade, que tem se consolidado desde 2013. Niterói é uma das cidades com a maior concentração de mestres e doutores do estado, e essa conquista, em grande parte, se deve à UFF, que muito tem contribuído com soluções para os desafios da cidade através do seu capital humano inestimável. É muito importante que a gente aproveite essa troca de experiências para aprimorar o ensino nas salas de aula da rede pública, aprofundar o conhecimento e investir na formação continuada dos nossos profissionais”, destaca o secretário.  

Em tempos de cortes na educação, uma pesquisa do Sistema de Avaliação da Educação Básica – Saeb – divulgou dados alarmantes: na prática, é como se o país tivesse regredido aos níveis de 2015 em áreas como português e matemática. Além disso, em apenas dois anos, dobrou o número de crianças que não sabem ler e escrever nem mesmo palavras isoladas: um resultado que reflete os impactos diretos da pandemia no ensino público. Como resposta aos tantos fatores que colaboram com a defasagem escolar, o plano Niterói 450, da Prefeitura de Niterói, prevê o investimento de R$ 147 milhões na educação até 2024, a serem investidos em qualificação e ampliação de infraestrutura das escolas, gestão pedagógica e reforço escolar, combate à evasão escolar e formação profissional. Ações que vão impactar 94 escolas da rede municipal de ensino.

O reitor da UFF, professor Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, celebra a parceria com a Prefeitura de Niterói: “A Universidade Pública constrói conhecimentos sobre a realidade brasileira para serem utilizados à serviço do povo, a fim de promover as mudanças necessárias para avançarmos enquanto sociedade. O ensino básico público conta com dificuldades históricas, que caminham lado a lado com a desigualdade social. Em 1998, avançamos mais um passo nesse compromisso com a educação através da criação do Colégio Universitário Geraldo Reis, parte da UFF e um espaço onde formação, pesquisa e extensão se encontram no chão da escola, além de oferecer um ensino gratuito de excelência para a comunidade. O aprendizado da língua portuguesa é essencial para o exercício da cidadania e a garantia de direitos, e diante das dificuldades básicas, mas ainda não superadas nesta área, projetos como este se mostram fundamentais, em mais uma parceria de sucesso entre Universidade e Poder Público”, destaca.

A iniciativa é voltada para os professores de língua portuguesa do 6º ao 9º ano da rede pública municipal de Niterói, e já promoveu um curso de formação para os docentes. A partir das trocas do curso e das conexões construídas entre ensino, pesquisa e extensão, foi produzido o primeiro livro do projeto, intitulado “Ensino de língua portuguesa no século XXI: pesquisa, teoria e prática”, que também se encontra disponível gratuitamente em ebook. Até o final deste ano, a equipe pretende inserir e acompanhar bolsistas do curso de Letras da UFF em escolas da rede pública, que irão desenvolver projetos e atividades na área, além da publicação de um segundo livro.

O projeto é coordenado por dois docentes de língua portuguesa da UFF, Ivo da Costa do Rosário, coordenador geral, e Monclar Guimarães Lopes, vice-coordenador. “Essa parceria é muito importante, pois a universidade tem muito a oferecer às cidades. Em Niterói, são diferentes frentes de atuação que dialogam com os esforços da Prefeitura e as demandas da população a partir do olhar da ciência, da tecnologia e da inovação. Espero que haja outras edições desse projeto tão relevante, pois a produção do conhecimento acadêmico precisa ser disseminada fora da universidade. Da mesma forma, o conhecimento produzido pelas escolas deve avançar para dentro da universidade. Todos ganham com essa interlocução”, resume o professor Ivo da Costa do Rosário.

Além da coordenação, o projeto conta com a participação da professora Drª Mariangela Rios de Oliveira, também docente da UFF, e das bolsistas Júlia dos Reis Rodrigues Benevides, Layza da Silva Tobias do Nascimento, Mayra Laurindo Rabello, Thaís de Araújo Ogeda e Rafaela Reis Carvalho..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *