Operação da PF prende homem por armazenar conteúdo de abuso sexual infantil

A Polícia Federal realizou nesta terça-feira (11) a operação Arcanjo XII, com objetivo de reprimir a produção, o compartilhamento e a posse de imagens com conteúdo de abuso sexual infantil. Durante a ação foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em residências localizadas em Magé, na Baixada. Em um desses locais, um homem foi preso em flagrante por armazenamento de vídeos e fotos.
Segundo a PF, o inquérito policial foi instaurado a partir de investigações realizadas pelo Núcleo de Repressão ao Abuso Sexual Infantojuvenil, que identificou, através de ferramentas de investigação, a prática de crimes tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) pelo suspeito.
Durante o cumprimento das buscas foram identificados elementos que apontam para possíveis abusos sexuais infantis cometidos pelo preso, razão pela qual a autoridade policial representou pela sua prisão preventiva para aprofundamento das apurações e identificação das vítimas.
O investigado responderá pelos crimes previstos nos artigos 241-B do ECA (armazenar) e 217-A do CPB (estupro de vulnerável) e, se condenado, pode pegar até 19 anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *