Morre o historiador José Murilo de Carvalho aos 83 anos

O historiador e imortal, da Academia Brasileira de Letras (ABL), José Murilo de Carvalho, de 83 anos, morreu na madrugada deste domingo (13). Ele estava internado no Hospital Samaritano em consequência da Covid-19.

Natural de Minas Gerais, Carvalho era considerado um dos maiores historiadores brasileiros, tinha bacharelado em sociologia e política pela UFMG, também, era mestre em ciência política pela Universidade de Stanford, na California, onde defendeu a tese sobre o Império Brasileiro.

Murio de Carvalho atuou como professor e pesquisador visitante nas universidades de Oxford, Leiden, Stanford, Irvine, Londres, Notre Dame, no Instituto de Estudos Avançados de Princeton, e na Fundação Ortega y Gasset em Madrid.

O intelectual também professor emérito da UFRJ e pesquisador emérito do CNPq. Eleito para a ABL em 2004, ocupava a cadeira nº 5. Fazia parte também da Academia Brasileira de Ciências.

Ele escreveu 19 livros, entre eles “A Formação das Almas”, “A cidadania no Brasil”, e “Os bestializados”. Nas redes sociais, há diversas mensagens lamentando o falecimento do membro da Academia Brasileira de Letras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *