20 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Moradores do Complexo da Maré e Mangueira recebem serviços sociais do Governo do Estado

Nesta segunda-feira (20), data em que se comemorou o Dia da Consciência Negra, o Governo do Rio promoveu uma série de ações em diferentes localidades com objetivo de informar a população sobre seus direitos básicos, como também de levar serviços sociais e culturais para quem mais precisa. A Secretaria da Mulher apoiou as iniciativas, que aconteceram na Mangueira e no Complexo da Maré com serviços direcionados à valorização da autoestima.

“Não basta não ser racista, é preciso combater o racismo”. Com esse lema, a campanha desenvolvida pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos combate o racismo por meio da informação, acolhimento e serviços sociais básicos.

– A Secretaria vem atuando com ações pensadas para o Dia da Consciência Negra desde sexta-feira nos modais de transporte. Hoje, levamos atendimento à Vila Olímpica da Mangueira e ao Conjunto Esperança na Maré, servindo mais de 100 pessoas. A nossa luta é diária – disse a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Rosangela Gomes.

Uma das contempladas nas ações foi Fabiana Macena, de 28 anos, moradora do Complexo da Maré desde que nasceu. Ela aproveitou a iniciativa para fazer as unhas acompanhada da filha, Ana Júlia, de apenas 6 anos.

– É sempre bom ter ações como essa, porque muita gente não tem condições financeiras para se cuidar. Eu aproveitei e trouxe a minha filha, pra ela brincar – disse Fabiana.

A ONG Viver em Crescimento, também parceira na ação, ofereceu massagem gratuita. Mais de 60 pessoas passaram pelas mãos da equipe, incluindo a Elizabete Fernandes, de 39 anos, que se mudou para Maré recentemente.

– Estou gostando muito da ação, os moradores precisam disso, principalmente as crianças e adolescentes. Além disso, só de receber documentação aqui dentro, é bem legal – relatou Elizabete, de 39 anos.

Direitos Humanos

Quem participou da ação recebeu acolhimento multidisciplinar, jurídico e psicossocial, para casos de racismo, LGBTIfobia, violência contra mulher entre outros relacionados a qualquer direito fundamental humano.

Além disso, os moradores puderam fazer massagem, medir a pressão/glicose, fazer trança, maquiagem, sobrancelha e unha.

Documentação Básica

O Núcleo de Assistência ao Cidadão (NAC) esteve presente no mutirão do Complexo da Maré e na Mangueira levando isenção de taxas para documentação básica como Certidão de Nascimento, Casamento, Óbito, Declaração de Hipossuficiência, Habilitação, entrein outros.

Acesso à cultura

O show gratuito do Arlindinho garantiu a festa de quem estava à procura de um serviço social ou documentação básica e se deparou com o sambista e compositor no palco do Jardim Esperança, no Complexo da Maré.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *