Maricá aumenta em 194% o número de câmeras de segurança na cidade

Ao todo, 264 novos equipamentos foram adquiridos e instalados em 300 pontos de monitoramento nos quatro distritos

A Prefeitura de Maricá aumentou em 194% o número de câmeras de segurança para o monitoramento da cidade, realizado 24h pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), vinculado à  Secretaria de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional. O município conta agora com um total de 400 equipamentos, sendo 264 novas, instaladas em 300 pontos nos quatro distritos.

Do total, 94 equipamentos possuem tecnologia de reconhecimento ótico de caracteres, que auxilia na identificação de placas contribuindo para a identificação de veículos clonados ou roubados e outras 306 câmeras Circuito Fechado de Televisão (CFTV).  O Ciosp conta com trabalho integrado de todos os agentes de segurança que atuam no município (Guarda Municipal, Secretaria de Ordem Pública e Polícia Militar).

Os equipamentos tecnológicos instalados em locais estratégicos da cidade já auxiliaram no registro de 28 ocorrências entre janeiro e maio deste ano, que resultaram em 16 prisões em flagrante.   Dessas ações, nove foram de veículos clonados; cinco de recuperação de veículos; dois por furto ou roubo; duas de roubo de carga; dois por uso de entorpecentes; dois homicídios; duas apropriações indébitas; uma moeda falsa; um estelionato; um mandado de prisão e um roubo a residência. Com base nas imagens, as autoridades policiais foram acionadas para atuação.

As câmeras também possibilitam o acompanhamento do fluxo do trânsito; a identificação de locais que necessitam de desvios durante chuvas fortes ou alagamentos; identificação de acidentes, localização de crianças perdidas, entre outros. As duas tecnologias instaladas na cidade são o CFTV, que é utilizado para reforçar a segurança a partir do monitoramento e controle de acesso à cidade com a transmissão das imagens para monitores do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e OCRs (sigla de Optical Character Recognition, em tradução: Reconhecimento de Caracteres Óticos – tecnologia que permite a leitura de arquivos em imagens para a identificação de padrões e/ou transcrição de textos, ou seja, placas de carros).

“O Ciosp é uma ferramenta de extrema importância.  O local conta com servidores especializados e a tecnologia utilizada nos dá a certeza de que investir e ampliar os números de equipamentos se faz necessário. A partir do trabalho realizado no Ciosp, conseguimos identificar e evitar crimes de maior gravidade, além de verificar o fluxo de veículos diariamente no nosso município, alimentando e assessorando outras secretarias. O cerco digital utilizado na cidade tem sido copiado em outros municípios. Os equipamentos auxiliam na segurança pública e na mobilidade urbana”, explicou o secretário de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional, Julio Veras.

Auxílio das imagens em outras investigações

As câmeras também auxiliam na investigação de diferentes órgãos de segurança pública e, de janeiro a maio, a procura de solicitações por imagens aumentaram em 86,95% , comparado ao mesmo período de 2022. Entre os órgãos estão a 82ª DP Maricá (20), Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (11), Corregedoria da Guarda Municipal (2), 81ª DP Itaipu (1), 124º DP Saquarema (1), Corregedoria da Policia Militar (1) e 71ª DP Itaboraí (1).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *