Itaboraí: Alunos de projeto social participam de ‘aulão’ com atletas nacionais e internacionais do Taekwondo

Dia de novas experiências e aprendizado para futuros atletas do município. Alunos do projeto social do treinador olímpico Diego Ribeiro, de Porto das Caixas e da Reta Velha, participaram de um “aulão” de Taekwondo, na manhã desta quarta-feira (25/01), com a participação de atletas nacionais e internacionais da modalidade. A atividade aconteceu no Espaço Fest Ball, em Venda das Pedras. O projeto conta com apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL).

Durante o “aulão”, os alunos do projeto social puderam realizar o aquecimento e “mini-lutas” com atletas nacionais e internacionais que participaram das principais competições da modalidade em 2022. Entre os participantes, estiveram os brasileiros Milena Titoneli e Paulo Ricardo Melo; a polonesa Patrycja Adamkiewicz, participante dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021; a panamenha Karoline Castillo; além do treinador polonês Tomarz Pyciarz e da atleta brasileira Iris Tang Sing, participante dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Alunos de projeto social de Itaboraí participam de 'aulão' com atletas nacionais e internacionais do Taekwondo (4)

O secretário municipal de Esporte e Lazer, Fábio Santos (Fabão), afirmou que o “aulão” é uma experiência única para os alunos do projeto social.

“O esporte transforma vidas e o Taekwondo não é diferente. O projeto do Diego é referência em todo o país e temos a certeza que teremos muitos talentos sendo descobertos na nossa cidade. Essa troca de experiência com importantes nomes da modalidade é fundamental para o desenvolvimento desses futuros atletas”, afirmou o secretário.

O treinador olímpico Diego Ribeiro ressaltou a importância da integração entre os alunos do projeto com atletas nacionais e internacionais, que são referências no esporte.

Alunos de projeto social de Itaboraí participam de 'aulão' com atletas nacionais e internacionais do Taekwondo (3)

“Com essa integração, buscamos dar uma oportunidade para essas crianças de treinar com atletas que são referências. É importante levar o treinamento de qualidade para essas crianças e adolescentes, que buscam ser nomes de destaque no Taekwondo. Além do esporte, é uma troca social muito importante, pois eles acabam conhecendo culturas de outros lugares do mundo, como a Polônia e o Panamá”, disse.

Atualmente, o projeto social conta com duas unidades localizadas em Porto das Caixas e na Reta Velha, e tem a participação de 200 atletas, entre crianças e adolescentes de Itaboraí e de outros estados, como São Paulo e Rio Grande do Norte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.