23 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Hospital de Cabo Frio realiza primeira cirurgia por vídeo na rede pública de saúde

Equipamento havia sido comprado em 2015 e nunca foi usado; o governo municipal atualizou e realizou a manutenção para incluir o procedimento cirúrgico na rede pública municipal

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Saúde, implementou uma nova estratégia no município para otimizar e aprimorar os procedimentos cirúrgicos, com um método inovador e menos invasivo ao corpo humano, substituindo diferentes tipos de operações abertas, sem exigir grandes cortes.

A partir de agora, a rede pública de saúde passa a contar com equipamento para realização de cirurgias por vídeo, técnica conhecida como videoscopia ou laparoscopia, quando realizada na região do abdômen. O aparelho havia sido comprado em 2015 e nunca foi utilizado. A gestão atual atualizou o sistema e investiu na manutenção da máquina.

A primeira paciente foi operada no Hospital Municipal São José Operário nesta semana. A iniciativa reflete uma constante busca por melhorias por parte da gestão atual e um avanço tecnológico relevante para a área da saúde.

Segundo o secretário de Saúde, Janio Mendes, com a implantação do equipamento, os pacientes passam a realizar os procedimentos diretamente na rede municipal, sem necessidade de aguardar a transferência para unidade estadual ou conveniada.

“Soube do aparelho sem uso e busquei entender o motivo para não estar sendo utilizado. Ficou claro que a questão não era capacitação de manuseio do equipamento. Temos profissionais excelentes e capazes de conduzir a cirurgia por vídeo. Imediatamente, junto com a equipe, buscamos colocar em funcionamento devido ao período parado”, explica Janio Mendes.

Ainda segundo o secretário, essa medida irá contribuir para redução das filas para cirurgias no município.

“A expectativa nesse primeiro momento é zerar as filas para cirurgias de vesícula e hérnia, realizando, em média, quatro procedimentos por semana. Além de promover ao paciente mais agilidade no atendimento, os benefícios são ainda maiores durante o procedimento, garantindo mais segurança, um pós-operatório menos dolorido, uma recuperação mais breve, menor risco de infecção e menos tempo de internação”, conclui Janio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *