Governo acompanha avanço de obras da nova pista do Aeroporto de Macaé 

O andamento das obras de construção da nova pista do Aeroporto de Macaé Joaquim de Azevedo Mancebo foi acompanhado pelo governo nesta sexta-feira (2), ao reconhecer os investimentos de R$ 220 milhões aplicados pela Zurich Airport no projeto, como essencial para fortalecer a infraestrutura da cidade que atendem a dinâmica do mercado de óleo, gás e energia do país.
As etapas já alcançadas e os prazos de entrega do projeto foram apresentados pela gerência da Zurich ao prefeito Welberth Rezende, que visitou também o canteiro das obras que já alcançaram 50% de conclusão.
“O Aeroporto é um modal essencial ao ambiente de negócios da cidade, tanto para o segmento offshore, quanto para o turismo. Esse projeto representa os avanços que já conquistamos para melhorar a infraestrutura do município e atender as principais empresas de óleo, gás e energia do Brasil, assim como o comércio e várias outras atividades”, destacou o prefeito.
Com previsão de inauguração em março de 2025, a nova pista terá 1.410 metros de extensão e capacidade de receber aeronaves turboélices e jatos. Já a pista atual será mantida com 800 metros de extensão, exclusiva para operações de pousos de helicópteros que atendem aos voos offshore.
Atualmente, as obras seguem no processo de “aterro de sobrecarga” com previsão de duração de quatro meses e tem a função de preparar a sustentação do solo que receberá a nova pista.

“Já completamos 50% do projeto em um prazo bastante acelerado”, afirmou Fernando Castro, Gerente de Operações de Aeroportos da Zurich.

No encontro, o governo fortaleceu a importância da relação institucional com a Zurich que reconhece o potencial de Macaé em gerar negócios para as operações aéreas domésticas e offshore.
“Macaé tem um potencial importante para a conexão dos voos domésticos com as rotas internacionais. E, por isso, os nossos investimentos atendem uma demanda nova das empresas que operam no país”, apontou Fábio Marques, diretor de operações
De acordo com o Secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Vianna, Macaé também participa das discussões nacionais de fomento às operações aéreas no Brasil.
“Diante da importância da cidade para o mercado offshore nacional, participamos das discussões que buscam apoiar as operações aéreas no Brasil, que precisam de incentivos para se tornar mais acessível para a população e para as atividades empresariais”, apontou.
A reunião também contou com a participação de Diego Henrique Barbim, Coordenador de Obras da Zurich, Bruno Valle, Gerente dos Aeroportos de Macaé e Vitória e Anderson Pinheiro, Gerente de Engenharia, Manutenção e Infraestrutura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *