Francesa de 14 anos está em coma após ser ‘atacada brutalmente’ por adolescentes na porta da escola

O governo francês abriu uma investigação após uma garota de 14 anos ficar gravemente ferida e entrar em coma ao ser espancada do lado de fora de sua escola por outros três adolescentes no sul da França. Os três supostos agressores também são adolescentes, sendo um deles colega dela na mesma unidade, no subúrbio da cidade de Montpellier.

Os três envolvidos, incluindo outra garota, foram presos sob suspeita de tentativa de homicídio de um menor. O presidente Emmanuel Macron expressou “solidariedade” com a garota, mas pediu cautela ao tirar conclusões sobre as circunstâncias do ataque. “Neste estágio, eu ficaria cauteloso ao categorizar as coisas e quero que a verdade completa seja estabelecida com calma e que as conclusões sejam tiradas então”, afirmou o presidente francês.

A ministra da Educação, Nicole Belloubet, determinou a abertura de uma investigação para apurar os motivos do ataque. Os agentes têm oito dias a partir desta sexta-feira para entregar um relatório com as circunstâncias do ataque.

— Essa missão terá como objetivo tanto estabelecer a realidade dos fatos quanto estabelecer responsabilidades. Samara tem direito à verdade, disse ela à BFMTV.

Em entrevista à mídia local, a mãe da menina afirmou que vinha sua filha vinha sendo intimidada por uma colega de classe há dois anos e meio, levantando a possibilidade de que isso pudesse ter sido por causa de seu comportamento e roupas consideradas não islâmicas.

— Na verdade, não entendo as razões dessa criança para atacar constantemente Samara, mas há algo. Acho que é … o fato de ela ser talvez um pouco mais liberal do que alguns alunos — disse ela à BFMTV. A mãe da jovem também afirmou que essa colega teria promovido o ataque e que havia sido suspensa por dois dias em junho de 2023, especialmente depois de publicar uma foto de sua filha em redes sociais pedindo que ela fosse estuprada.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *