23 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Estado do Texas, nos EUA, executa homem condenado por duplo homicídio

O estado do Texas, no sul dos Estados Unidos, executou nessa terça-feira um homem condenado à morte pelo assassinato de sua esposa e filha em 2009.

O americano Gary Green, de 51 anos, foi declarado morto às 19h07 (hora local), na Penitenciária de Huntsville. Ele é o oitavo preso no corredor da morte a ser executado no país este ano.

Ele havia sido condenado em 2010 por ter, um ano antes, esfaqueado a esposa e afogado a filha de seis anos em uma banheira em Dallas. Na manhã da tragédia, sua esposa lhe enviou uma carta de separação. Ele respondeu que “seriam perdidas cinco vidas”, segundo a imprensa local.

No fim, ele não matou outros dois filhos de sua esposa, de 9 e 12 anos, mas tentou suicídio ingerindo uma grande dose de drogas.

Seus advogados tentaram, nos últimos anos, anular a sentença de morte, citando supostos transtornos mentais – a Suprema Corte proibiu a execução de pessoas incapazes de compreender o significado da sentença.

Green também foi um dos condenados que entraram com uma ação legal para impedir que o Texas o executasse com substâncias letais.



Apesar de uma decisão a seu favor, em primeira instância, um tribunal de apelações rejeitou a medida e três dos demandantes no Texas já foram executados desde o início do ano.

Outra execução, a de Arthur Brown, por um assassinato quádruplo, que ele nega ter cometido, está marcada para esta quinta-feira no Texas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *