Caxias: Câmeras de monitoramento do complexo petroquímico de Campos Elíseos farão parte do CISPBAF

O Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública da Baixada Fluminense – CISPBAF, em Duque de Caxias, passará a contar com mais câmeras de monitoramento no município. Nesta quinta-feira (23), às 10h, será assinado o termo de cooperação com a Associação das Empresas de Campos Elíseos – ASSECAMPE e três empresas instaladas no complexo petroquímico.

 O evento contará com a presença do prefeito Wilson Reis; do secretário municipal de Segurança e diretor operacional do CISPBAF, Dhiego Berg; do comandante do 15º Batalhão da PM, Tenente-coronel Vinicius, e autoridades de segurança do município.

Para aumentar a segurança na região, as empresas Nitriflex, Brasken, Arlenxeo e ASSECAMP fornecerão três câmeras externas, cada uma, com tecnologia de reconhecimento facial e reconhecimento de placas, que serão monitoradas pelo Centro Integrado de Comando e Controle da Baixada Fluminense (CICC-BF).

Nos últimos anos, o município de Duque de Caxias avançou muito na área de segurança pública. A cidade conta hoje com 320 câmeras de monitoramento, instaladas nos quatro distritos, sendo 135 delas com inteligência artificial. O trabalho integrado entre as forças de segurança e o monitoramento por câmeras possibilitou a prisão de criminosos que agiam em Duque de Caxias, em assaltos, furtos e roubos de cargas, entre outros delitos. Ajudou também na solução de dezenas de inquéritos policiais nas áreas da 59ª, 60ª, 61ª e 62ª DPs. A sede do CISPBAF fica na Avenida Brigadeiro Lima e Silva, n° 1189, no bairro 25 de Agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *