Catador de recicláveis é morto por PMs durante operação na Cidade de Deus

Um catador de recicláveis foi morto a tiros, nesta quinta-feira (5), após policiais militares terem confundido um pedaço de madeira que ele segurava com um fuzil, durante uma operação na Cidade de Deus, Zona Oeste. Segundo a Polícia Militar, uma equipe do 18º BPM (Jacarepagua) se deparou com o homem portando o que aparentava ser a arma com uma bandoleira e atiraram. Dierson Gomes da Silva, de 51 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

O caso aconteceu na localidade conhecida como Pantanal e, segundo moradores, a vítima, conhecida como ‘Lord’, estava no quintal de casa e segurava um pedaço de madeira quando foi baleada. Ainda segundo os relatos, Dierson vivia sozinho e tinha deficiência mental. A área foi isolada e a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) realizou uma perícia no local.

O corpo do catador foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O comando da PM instaurou um procedimento apuratório para “averiguar as circunstâncias que vitimaram fatalmente” o homem e afirmou que “colabora integralmente com as investigações da Polícia Civil”. As armas dos militares envolvidos no caso serão apresentadas à perícia. A Polícia Civil informou que os agentes estão sendo ouvidos, bem como testemunhas, e que diligências estão em andamento para esclarecer os fatos.

A operação na Cidade de Deus começou no início da manhã, com o objetivo de prender criminosos que atuam no crime organizado daquela localidade, que é dominada pelo Comando Vermelho, e praticam diversos roubos na região, além de apreender armas de fogo e recuperar veículos roubados. Na ação, os PMs foram atacadas a tiros e houve confronto em vários pontos da comunidade. Até o momento, as equipes prenderam dois homens com grande quantidade de rádios transmissores e um fuzil calibre 5,56.

Barricadas instaladas em ruas da comunidade foram removidas. Por conta da operação policial, a Clínica da Família José Neves acionou o protocolo de acesso mais seguro e, para segurança de profissionais e usuários, interrompeu o funcionamento nesta quinta-feira. Além disso, duas escolas da rede municipal na Cidade de Deus tiveram o funcionamento impactado. O ano letivo ainda não se iniciou, portanto as unidades estão abertas apenas para atendimento administrativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *