14 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Alexandre Martins é eleito o novo presidente do Consórcio Intermunicipal Lagos São João

O prefeito Alexandre Martins foi eleito nesta sexta-feira (10) o novo presidente do Consórcio Intermunicipal Lagos São João para o biênio 2023-2025. O prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins, é o vice-presidente A nova diretoria foi eleita pelo do Conselho de Associados, composto por representantes do poder público, empresas e organizações não-governamentais (ONGs) dos municípios da área de abrangência.
Segundo o secretário do Ambiente e Urbanismo de Búzios, Evanildo Nascimento, essa eleição foi muito importante para o município, pois o prefeito passa a liderar todas as discussões voltadas para a área ambiental na Região do Rio São João e da Região dos Lagos: “Búzios hoje vai ter um espaço junto a Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa) para discutir soluções de esgoto tanto para nossa cidade, como para as demais cidades da região. O consórcio também trabalha na frente de educação ambiental, soluções em diversas áreas do meio ambiente, inclusive trazendo investimento para a região através do Fundo Estadual de Recursos Hídrico (FUNDRHI) que o Estado repassa. Importante ressaltar que, nós secretários do Meio Ambiente da região, também votamos para eleger a nova diretoria. O Consórcio Intermunicipal Lagos de São João também engloba a Lagoa de Juturnaíba, que é nosso manancial de água e abastece todas as cidades da Região dos Lagos”.

O Consórcio Intermunicipal Lagos São João é composto por 13 municípios, Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Cachoeiras de Macacu, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Maricá, Rio Bonito, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Silva Jardim. O objetivo é unir governos, entidades da sociedade civil e empresas para fortalecer a gestão compartilhada do meio ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *