Abertas as inscrições para o “Projeto Jovem Alerta”, em Teresópolis

Voltado a jovens de 14 a 22 anos, o projeto  é promovido pelo CIEE Rio, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

 

O “Jovem Alerta” é um projeto socioeducativo do setor de Assistência Social do Centro de Integração Empresa Escola/CIEE Rio, cujo objetivo é o desenvolvimento pessoal e profissional de adolescentes e jovens entre 14 e 22 anos. Desde 2018, o órgão realiza em Teresópolis uma parceria com a gestão municipal, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, com um curso-oficina anual (gratuito) voltado aos atendidos pelas instituições e equipamentos da proteção social básica e proteção social especial (CRAS e CREAS) e demais órgãos de garantia de direitos na cidade.

 

Este ano, haverá duas edições – uma no primeiro semestre e outra no segundo –, com todas as “aulas” no Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS (Rua Carmela Dutra, 812, Agriões), às terças e quintas-feiras, das 14h às 16h. Serão 12 encontros semanais e presenciais dirigidos por profissionais da área de Ciências Humanas do CIEE (psicólogo ou assistente social).

 

No primeiro semestre, o projeto começa em 9 de maio, terça-feira, para adolescentes e jovens em acolhimento ou sob medidas socioeducativas no CREAS. A turma das terças-feiras será só para estes. No dia 11 de maio, quinta-feira, no mesmo horário, começam as oficinas para os inscritos pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) dos bairros de São Pedro, Barroso e Fischer/Ermitage. No segundo semestre, ainda sem data definida, será a vez dos jovens referenciados pelos CRAS Alto e Meudon.

 

“O trabalho é realizado através da mobilização dos jovens nesta faixa etária, despertando sua participação mais efetiva no protagonismo, autonomia e identidade e, assim, contribuindo para o exercício da cidadania plena”, comentou a Coordenadora de Proteção Social Especial de Média Complexidade da SMDS, Karla Ribeiro. O projeto abre a possibilidade de encaminhamento para o banco de vagas do “Programa Jovem Aprendiz” e de estágio pelo CIEE. A ideia central é preparar os jovens para futuras oportunidades no mercado de trabalho, auxiliar no cadastro dos mesmos no site do CIEE e proporcionar um certificado para ser colocado como qualificação profissional no seu currículo. Como conclusão, haverá uma cerimônia de certificação dos aprovados na avaliação final.

 

As equipes dos CRAS e do CREAS farão as inscrições dos adolescentes e jovens que demonstrarem interesse em realizar o projeto. Elas farão a “busca ativa” e as inscrições dos interessados. Para a inscrição, é necessário o nome completo do jovem, um telefone de contato e o número do CPF do mesmo. Durante o curso, serão trabalhados temas que “desenvolvem questões relacionadas a processo seletivo, protagonismo juvenil, elaboração de currículos, cidadania e projeto de vida, entre outros”, explicou a Coordenadora de Proteção Social Básica da SMDS, Carolina Lisardo. Um lanche será servido a cada encontro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *