fbpx

Zoológico de Volta Redonda recebe tigre-siberiano e duas fêmeas de babuíno

O Zoológico Municipal de Volta Redonda vai receber um novo felino: um tigre-siberiano, apelidado de Tom, de 22 anos, que nasceu no Zoológico Pomerode BioParque, em Santa Catarina. Além do felino, o Zoo-VR vai receber duas fêmeas de babuínos-verdes do mesmo BioParque para criar um grupo familiar. Os animais estão previstos para chegar a Volta Redonda na próxima sexta-feira, dia 05.

De acordo com o diretor do Zoológico Municipal de Volta Redonda, biólogo Jadiel Teixeira, os animais ficarão em período de adaptação, o procedimento de quarentena é natural para integração ao ambiente. O diretor destacou que o tigre-siberiano é a maior subespécie de tigres, com o novo felino, o Zoo-VR passa a ter duas onças-pardas, uma onça-pintada e dois tigres.

“O tigre-siberiano ‘Tom’ precisou ser destinado para outro espaço, por isso, o Zoológico de Pomerode entrou em contato conosco para recebê-lo. É importante esclarecer que esse animal não pode ser devolvido à natureza, por ser exótico. Ele foi reproduzido em cativeiro e está adaptado ao recinto. O trabalho desenvolvido nos zoológicos, por meio do enriquecimento ambiental, é justamente para dar condições dos animais, se sentirem estimulado a desenvolver seus sentidos com enriquecimento alimentar, sensorial, ambiental, cognitivo e social”, explicou.

Jadiel citou que as duas fêmeas de babuínos-verdes chamadas de ‘Totó’ e ‘MEG’ serão inseridas após a quarentena junto ao babuíno que vive no Zoo-VR solitário, o objetivo é criar um núcleo. A fêmea Totó era do Zoológico Beto Carrero, a outra nasceu já no Zoológico de Pomerode.
“As fêmeas de babuíno serão pareadas com o animal que existe no Zoo-VR para criar grupos familiares”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: