Zidane não é mais técnico do Real Madrid

Agora é oficial: Zinedine Zidane não é mais técnico do Real Madrid. O clube fez o anúncio em suas redes sociais sobre a saída do técnico francês, que ainda tinha mais um ano de contrato.

“O Real Madrid anuncia que Zinedine Zidane decidiu dar por finalizada esta etapa como treinador do nosso clube. É tempo agora de respeitar a sua decisão e mostrar nosso agradecimento pelo profissionalismo, dedicação e paixão em todos os esses anos. Zidane é um dos grandes nomes do Real Madrid e a sua lenda vai mais longe do que ele foi como treinador e jogador do nosso clube. Ele sabe que está no coração do madridismo e que o Real Madrid será sempre a sua casa”, diz o comunicado oficial do Real Madrid.

Segundo a imprensa espanhola, Zidane se despediu dos dirigentes e do elenco na quarta-feira. Ele deixa o clube por vontade própria devido ao desgaste da última temporada, na qual Zizou foi bastante criticado por baixas performances e também por não ter conquistado título algum (foi a primeira vez desde a temporada 2009/2010 que o Real não levantou nenhum caneco sequer) .

O diário “As” cita três candidatos a substitutos: o ex-atacante Raúl González, e os italianos Antonio Conte e Massimiliano Allegri. Raúl atualmente treina o Real Castilla, a equipe B do time merengue, Conte deixou a Inter de Milão nesta quarta-feira, e Allegri está sem clube desde que deixou a Juventus em 2019. Esse último, no entanto, deve retornar para o próprio clube italiano de acordo com a imprensa italiana.

Outro nome especulado é o do argentino Mauricio Pochettino, que, de acordo com rumores na imprensa francesa, poderia deixar o PSG.

Zinedine Zidane Real Madrid — Foto: Getty Images

Três títulos de Champions pelo Real

A segunda passagem de Zidane começou em março de 2019, quando voltou ao comando do Real Madrid para substituir Santiago Solari. Desde então, o treinador conquistou o Campeonato Espanhol e a Supercopa da Espanha de 2019/20.

Foram 113 jogos em sua segunda passagem, com 67 vitórias, 25 empates e 20 derrotas. No total, o treinador tem 283 partidas, com 182 triunfos, 61 empates e 39 derrotas no Real Madrid, o único clube que dirigiu como treinador profissional.

Entre 2016 e 2018, Zidane conquistou três edições da Liga dos Campeões, três taças do Mundial de Clubes, duas Supercopas da Europa, um Campeonato Espanhol e uma Supercopa da Espanha no Real Madrid.

Carinho dos jogadores

Nas redes sociais, os jogadores do Real Madrid prestaram homenagens a Zidane, cuja principal característica era o ótimo relacionamento com o elenco e o controle do vestiário.

– Obrigado por tudo, Mister. Devo a você uma grande parte de quem eu sou. Admiração eterna – escreveu o volante brasileiro Casemiro.

– Obrigado por tudo que você me ensinou. Estou orgulhoso e honrado por ter podido seguir em frente e crescer com o homem que você é – escrever Benzema, compatriota de Zizou.

– Foi um prazer jogar para vocês e ganhar contigo – escreveu Modric, que renovou seu contrato com o Real nesta semana.

– Foi um prazer trabalhar com você, senhor! Desejo-lhe muita sorte e o melhor para a sua vida. Obrigado, Zizou! – escreveu o brasileiro Rodrygo.

Zidane campeão Real Madrid Champions League Liga dos Campeões — Foto: Andrew Boyers/Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: