fbpx

Volta Redonda vacina mais de 95% da população adulta com a primeira dose

Mais de 50% dos moradores estão vacinados com duas doses ou dose única do imunizante contra a Covid-19

Volta Redonda continua entre as cidades do estado do Rio de Janeiro com os melhores índices de vacinação contra a Covid-19. O município atingiu uma importante marca na luta contra a doença: mais de 95% da população adulta já foi vacinada com a primeira dose, e mais de 50% com a segunda dose (ou dose única, no caso da vacina Janssen). Os bons percentuais já refletem nos dados gerais da imunização, Volta Redonda aplicou mais de 198 mil primeiras doses e mais de 111 mil segundas doses, ultrapassando a marca de mais de 310 mil doses aplicadas.

Na quarta-feira e quinta-feira (8 e 9), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aplicou dez mil doses em uma estratégia descentralizada de vacinação em drive-thru, na Ilha São João e nas 46 unidades de saúde (UBS e UBSF), que correspondem à rede municipal de Atenção Básica. Entretanto, os números dos últimos dias de vacinação ainda estão sendo computados no sistema nacional E-SUS do Ministério da Saúde.

Vacinação avança

Nesta semana, Volta Redonda deu início à vacinação nos adolescentes, sem comorbidades, de 17 anos, tendo já avançado para a faixa etária de 16 anos. Com isso, o objetivo é proteger ao máximo toda a população diante da variante Delta.

As pessoas de 12 a 15 anos, com comorbidades, foram as primeiras a receberem a vacinação contra a Covid-19, por determinação do Ministério da Saúde. Mais de mil adolescentes já foram vacinados com a primeira dose em Volta Redonda.

A cidade também possibilita a repescagem de vacinação diariamente para adultos (acima de 18 anos) ainda não vacinados.

Terceira dose

Volta Redonda antecipou a terceira dose para idosos. Dessa forma, desde o dia 31 de agosto, idosos acima de 70 anos vem recebendo a dose de reforço nas Unidades de Saúde. De acordo com a secretaria de Saúde, mais de 800 idosos já receberam a terceira dose até o momento. O número inclui também as pessoas institucionalizadas.

O Ministério da Saúde havia determinado o início da dose de reforço para 15 de setembro, mas devido à circulação da variante Delta no estado do Rio de Janeiro, o município saiu na frente em prol da proteção desse público.

Por determinação do ministério, a medida vale para todos aqueles que já completaram a segunda dose há pelo menos seis meses. Na atual fase da campanha, a terceira dose está sendo ofertadas às pessoas acima de 70 anos vacinadas até 19/03 com a segunda dose.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: