fbpx

Volta Redonda lembra luta em favor da população em situação de rua

Smac promove encontros no Centro Pop e no Abrigo Municipal Seu Nadim reforçando assistência social aos usuários

A Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) promoveu na manhã desta quinta-feira, dia 19, eventos para lembrar o ‘Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua’. O primeiro deles aconteceu na sede do Centro de Referência Especializado para população em situação de rua Uhady Nars, (Centro Pop), no bairro Aterrado, com a apresentação de um vídeo e um café da manhã. Logo em seguida foi realizado o seminário “Resistir para Existir”, no Abrigo Municipal Seu Nadim, que contou com a participação dos usuários.

O secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, lembrou que a data foi criada em 2004 quando ocorreu o “Massacre da Sé”, em São Paulo, onde sete pessoas foram assassinadas e oito ficaram gravemente feridas enquanto dormiam.

“Hoje é um dia muito importante e fico feliz em saber que em Volta Redonda tem uma rede ampla de atendimento como o Centro Pop, equipes de abordagem de Rua, o Abrigo Municipal Seu Nadim, além da parceria com o SOS onde as pessoas podem usar o abrigo da instituição. Quero agradecer a todos os profissionais da Smac pelo trabalho que eles realizam diariamente no nosso município”, disse o secretário.

Karla Elaine Alves, coordenadora do Centro Pop, destacou que a data é para celebrar o avanço das políticas publicas. “Somos uma cidade premiada, pois temos uma rede de apoio e proteção que entende as questões ligadas a essa população e tem um olhar de qualidade para os serviços prestados para essas pessoas”, disse a coordenadora.

Mozart de Brito, de 65 anos, usuário do abrigo Seu Nadim conta que foi parar nas ruas após o falecimento da sua esposa.

“Depois disso não tive mais condições de permanecer na casa onde morávamos. Infelizmente fui parar nas ruas há dois anos. Já morei de baixo da ponte, viaduto e quando vim para Volta Redonda às coisas começaram a mudar. Aqui encontrei o apoio que eu precisava. Hoje estou no abrigo Seu Nadim e muito feliz. Lá me sinto melhor do que eu me sentia em casa. Na minha casa não dormia sossegado, não tinha café da manhã, almoço, lanche da tarde e banho quente”, contou Mozart.

O Defensor Público da União, Claudio Santos, que também estava participando da cerimônia, recordou que quando ele veio para Volta Redonda, em 2015, um dos primeiros espaços públicos visitados por ele foi o Centro Pop.

“Atualmente são várias pessoas assistidas, que inclusive tiveram vitórias judiciais com as demandas, principalmente junto ao INSS. Quero aproveitar o momento para parabenizar o município, através da equipe da assistência. Fico contente de fazer parte dessa grande equipe visando auxiliar essas pessoas”, disse o Defensor Público.

*Dados de Atendimento à População em Situação de Rua*

De acordo com um levantamento realizado pela Smac, somente no mês de julho, foram atendidos 239 usuários no Centro Pop, sendo que 130 eram migrantes; 672 atendimentos psicossociais; 75 atendimentos no Serviço de Atendimento ao Migrante (SAM), para concessão de passagem rodoviária; 237 abordagens sociais realizadas pelo Serviço Especializado em Abordagem Social e 20 usuários estão em acolhimento institucional no Abrigo Municipal Seu Nadim, sendo que 10 deles estão inseridos no Projeto Superação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: