Volta Redonda avança na assistência social e reabre mais um CRAS

Mais de 40 mil famílias estão sendo beneficiadas nas 20 unidades que já foram reabertas

Com o objetivo de oferecer acesso aos benefícios, programas e políticas públicas para toda população, a Prefeitura de Volta Redonda inaugura nesta sexta-feira, dia 11, mais uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Dessa vez, os beneficiados serão os moradores do bairro Nova Primavera. Do início do ano até agora, já foram reabertos 20 CRAS, beneficiando mais de 40 mil famílias.

Entre os bairros que contam com uma unidade do CRAS em funcionamento estão: Açude, Retiro, Siderlândia, Belo Horizonte, Verde Vale, Vila Brasília, Voldac, Caieiras, São Luís, Dom Bosco, São Sebastião, Água Limpa, Três Poços, Santo Agostinho, Vila Americana, Vila Rica, Monte Castelo, Roma II, Rústico e São Carlos. 

As unidades dos bairros São Cristóvão, Jardim Ponte Alta, Volta Grande, Ilha Parque, Candelária, Padre Josimo, Jardim Belmonte, Mariana Torres, Coqueiro e Santa Cruz já estão em obras e até o final do ano deverão ser entregues à população. 

Nas unidades do CRAS, as famílias podem fazer seu registro no Cadastro Único para Programas do Governo Federal. As unidades oferecem ainda o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), iniciativa que engloba ações como atendimentos às famílias, visitas domiciliares, orientações e encaminhamento a outros serviços do governo federal, como os de saúde e educação. 

Além disso, por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, os cidadãos podem participar de atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, de acordo com a faixa etária. 

Nos Centros, também é possível fazer concessão de benefícios, através de avaliação técnica e promover oficinas de Inclusão Produtiva e Inclusão Digital, além do encaminhamento para a rede socioassistencial e demais órgãos públicos. 

De acordo com o secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, Volta Redonda conta com uma rede ampla da assistência social e a programação é de reabrir as 35 unidades dos CRAS até o final deste ano. 

“Estamos retomando os atendimentos da assistência social para a população. Além da abertura de todos esses centros, estamos reformando os centros dias, como Centro de Alzheimer, Centro para Idosos e Centro para Pessoas Deficientes (Capd) para também serem reabertos. Em breve voltaremos a ser referência no país. Os moradores de Volta Redonda merecem”, disse o secretário. 

Centro de Convivência

Ainda pensando em ampliar o atendimento de assistência social aos bairros da cidade, na próxima quinta-feira, dia 10, a Prefeitura de Volta Redonda vai inaugurar um Centro de Convivência, que funcionará no bairro Aero Clube. O Centro de Convivência é uma unidade pública de assistência social, destinada ao atendimento de famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social. 

Nesses espaços, que estão vinculados aos Centros de Referência Social (CRAS), são promovidas atividades em grupo. Neles, além de oficinas de inclusão produtiva, atividades dos serviços de convivência para crianças, adolescentes, adultos e idosos, oferecidos pela prefeitura, podem acontecer também serviços ofertados pela comunidade de forma voluntária. O próximo Centro de Convivência será no Verde Vale que ainda está passando por reformas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: