Vítimas de chuva de granizo em Nova Iguaçu que não tiveram ruas cadastradas devem antecipar busca por atendimento

A Caixa Econômica Federal deu início, nesta terça-feira (7), ao atendimento às vítimas da chuva de granizo em Nova Iguaçu nascidas em fevereiro e que desejam solicitar o saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O serviço está sendo prestado no antigo Restaurante Popular, no Centro de Nova Iguaçu, onde também é possível que os atingidos pela tempestade do dia 25 de outubro de 2019 que não tiveram suas ruas listadas pela Defesa Civil façam o cadastro de seus endereços para que tenham direito ao benefício.

Diferentemente do atendimento feito pela Caixa, que convoca a população de acordo com o mês de aniversário, a Prefeitura de Nova Iguaçu está cadastrando as ruas das vítimas que ainda não foram contempladas, independentemente da data do nascimento.

“As pessoas que vão pedir o cadastramento de ruas que não estão na lista da Defesa Civil não precisam esperar para vir na data estipulada pelo calendário da Caixa. Elas podem nos procurar o quanto antes para que possamos confirmar se a rua do solicitante faz parte de uma das localidades afetadas”, explica o secretário municipal de Defesa Civil coronel Jorge Ribeiro Lopes. “Sendo a rua confirmada, a Caixa é informada e, num prazo de sete dias, o endereço estará em uma nova listagem para a continuidade normal do processo. O valor será liberado em até cinco dias úteis. De acordo com a Caixa Econômica Federal, a solicitação e a liberação do saque seguirão o calendário com a data de aniversário do morador”.

Quem não perdeu tempo e já cadastrou a rua onde mora foi Paulo Victor de Albuquerque Alves, de 33 anos, morador de Jardim Nova Era. Nascido em maio de 1986, ele não precisou esperar até 15 de janeiro, data de atendimento marcada pela Caixa aos nascidos naquele mês, para solicitar que a Rua Vânia seja incluída na lista.

“Antecipei minha vinda para que minha rua seja logo cadastrada. A Defesa Civil pediu prazo de uma semana, o que vai coincidir com a data de início do atendimento da Caixa aos aniversariantes de maio”, conta Paulo Victor. “Este dinheiro vai me ajudar a consertar o telhado e pintar minha casa”.

Nesta quarta-feira (8) a Caixa continuará atendendo as vítimas nascidas em janeiro e fevereiro. A partir de quinta, serão contemplados também os aniversariantes de março. O limite de saque será de R$ 6.220 para quem tem saldo em contas do FGTS, ativas ou inativas. O atendimento, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, é feito conforme a data de aniversário do solicitante e vai até o dia 20 de fevereiro. O valor será liberado em até cinco dias úteis.

Para atender a demanda, a Caixa Econômica Federal disponibilizou 21 funcionários, sendo 16 deles para o atendimento às solicitações de saque do FGTS, número quatro vezes maior ao praticado em agências de grande porte. Caso necessário, a estrutura montada no Restaurante Popular permite o aumento para 33 no número de atendentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: