fbpx

Vigilância Ambiental em Saúde intensifica combate ao Aedes aegypti em Itaperuna

A Prefeitura de Itaperuna, através da Secretaria Municipal de Saúde, via Coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde (CVAS) segue realizando uma série de ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika; em bairros e distritos do município itaperunense.

As equipes, assim que detectam focos de mosquitos em determinadas áreas, geralmente em terrenos baldios e casas abandonadas; realizam uma verificação completa no local, identificando focos de água parada que podem servir de criadouros para a proliferação das larvas da fêmea; eliminando esses criadouros.

De acordo com Adriano Rodrigues, coordenador da CVAS, o trabalho de combate e prevenção é diário, no entanto, é preciso que a sociedade colabore.

“Nossas equipes estão em campo todos dias, tanto realizando o trabalho de combate, vistoriando e atacando o problema na raiz, quanto realizando um trabalho educativo junto à sociedade. Precisamos que todos se conscientizem que essa é uma luta de cada cidadão. Cada um precisa fazer a sua parte, seja cuidando do próprio quintal, ou verificando possíveis depósitos de água parada dentro da própria residência”, reforça Adriano.

Com o intuito de conscientizar e prevenir os moradores das localidades, a equipe de Educação e Saúde presente durante as ações, divulga os cuidados necessários que cada um precisa ter, com mensagens educativas, fazendo a distribuição de folders e panfletos.

Vale lembrar que a forma mais eficaz de prevenção é o combate ao mosquito Aedes aegypti. Sendo assim, seguem algumas ações que a população deve realizar, pelo menos uma vez por semana:

Verificar se a caixa d’água está bem tampada; deixar as lixeiras bem tampadas; colocar areia nos pratos de plantas; recolher e acondicionar o lixo do quintal; limpar as calhas; cobrir piscinas; tapar os ralos e baixar as tampas dos vasos sanitários; limpar a bandeja externa da geladeira; limpar e guardar as vasilhas dos bichos de estimação; limpar a bandeja coletora de água do ar-condicionado; cobrir bem a cisterna; e cobrir bem todos os reservatórios de água.

Para outras informações, solicitação de atendimento específico, dentre outras questões relacionadas ao setor, dirija-se à Vigilância Ambiental em Saúde (Casa Verde), situada na Rua Júlio César, 99, Centro (em cima da Farmacinha do SUS).

O e-mail do setor – cvasitaperuna@gmail.com – é outra forma de contato. Você ainda pode se dirigir à UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua residência e relatar algum problema ao agente comunitário de saúde, que ele passará a informação à Coordenação da Vigilância Ambiental em Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: