Vereadores de Campos recebem representantes do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

A Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes recebeu uma comitiva do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) nesta última quarta-feira (10). Os representantes se reuniram com os vereadores para discutir ações que visam fortalecer a convivência escolar, a educação em direitos humanos, a interação das famílias e, principalmente, a prevenção da gravidez na adolescência.

O presidente da Câmara, Fábio Ribeiro (PSD), destacou a importância do encontro. “Chama a atenção, não só da Câmara Municipal mas de toda a sociedade campista, para um tema muito importante que é a questão da precocidade da gravidez na adolescência. Essa é uma luta de todos nós. A Câmara de Campos agora está aberta aos debates e ao cidadão. Nós firmamos aqui um pacto pela família, infância e juventude, ou seja, para o nosso futuro”, disse.

Já o presidente da Comissão de Defesa da Educação e Cultura do Legislativo, Maicon Cruz (PSC), informou que será elaborado um Projeto de Lei criando a Semana Municipal de Enfrentamento à gravidez na adolescência.

“A gente recebe com muita felicidade representantes do Governo Federal para tratar um tema de tão delicado e de grande relevância pública, que é a gravidez precoce na adolescência. É muito importante que a Casa esteja em sintonia com as ruas e que possamos desenvolver uma política pública para enfrentar esse tema”, concluiu o vereador.

A diretora de Promoção e Fortalecimento dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – ligada ao MMFDH, Luciana Dantas, explicou que a escolha por Campos para a visita técnica se deu pelo Programa Saúde na Escola.

“Campos tem uma iniciativa dentro do Programa Saúde na Escola que ampliou a abordagem original desse programa. Então, Campos em três anos conseguiu reduzir em 40% o número de gravidez em adolescentes no município. Esse dado nos trouxe aqui como um case de sucesso em relação às ações do Programa Saúde na Escola”, afirmou. A diretora ainda pontuou que o compromisso dos profissionais do município fez a diferença em meio às dificuldades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: