‘Vamos vencer qualquer um’, diz Javier Milei a jornal da Argentina

A surpreendente vitória de Javier Milei nas primárias da Argentina aumentou a euforia e o entusiasmo do candidato libertário. Em entrevista ao jornal argentino Clarín, Milei disse que “não importa quem enfrentemos, vamos vencer qualquer um”.
Ele manteve seu tom desafiador e acusou o governo da Argentina de ser “criminoso” em meio à desvalorização de 20% do dólar provocada pelo resultado das prévias. “Só há uma razão para esta alta: a enorme emissão monetária realizada por este governo de delinquentes, que custa US$ 25 milhões anuais para a Argentina”, disse.

“Acreditamos em falar diretamente com os argentinos sobre como acabar com esses problemas que nos atormentam há cem anos e também acreditamos que uma Argentina diferente é impossível com a mesma casta de sempre”, disse Milei ao Clarín.

Primeiro turno

“Nossa expectativa é clara. Queremos que o maior número possível de pessoas vote, porque queremos vencer no primeiro turno para acabar com os cem anos de declínio da Argentina com um mandato claro e contundente”, afirmou Milei.

O candidato libertário também disse ter percebido “um sinal forte que foi emitido quando todo o sistema político e midiático se organizou para nos atacar. Foi quando soubemos que estávamos fazendo as coisas direito”, completou Milei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *