Usuários do SUS de Pinheiral que aguardam cirurgias serão operados com recursos de emendas parlamentares em hospitais privados

As emendas são dos deputados federais Dr. Luiz Antônio Corrêa, Delegado Antônio Furtado, Jorge Braz e Chris Tonietto

Ao menos 425 usuários do SUS de Pinheiral que estão em fila de espera aguardando cirurgia desde o início da pandemia em 2020, começam a ser operados em julho. O prefeito Ednardo Barbosa, determinou que a Secretaria Municipal de Saúde utilize recursos de emendas parlamentares para o custeio das cirurgias que chegam a um valor de mais de R$ 1,5 milhão em hospitais da rede privada. São cirurgias de baixa, média e alta complexidade que custam entre R$ 1.700 a R$ 6.400.  

Os pacientes serão operados nos hospitais Unimed, Hinja e Viver Mais, todos em Volta Redonda. Os recursos utilizados foram enviados ao município pelos deputados federais Dr. Luiz Antônio Corrêa, com emenda no valor de R$ 1.782.161,00, Delegado Antônio Furtado, com emenda no valor de R$ 600 mil, Jorge Braz, com emenda no valor de R$ 300 mil e Chris Tonietto, com emenda no valor de R$ 78.525,00.

– A pandemia gerou filas não só em Pinheiral, mas em toda a rede. Como a saúde não pode esperar, e é um dever do poder público dar condições dignas ao cidadão, decidimos aplicar o valor de cerca de R$ 1.5 (Um milhão e quinhentos mil reais) provenientes de emendas parlamentares para a realização dos procedimentos cirúrgicos em hospitais da rede privada. Estamos imensamente gratos pela parceria, apoio e a sensibilidade dos nossos parceiros por entenderem o quanto a saúde necessita de ajuda, principalmente em um momento tão delicado que vivemos e que não prejudicou apenas o nosso município, mas o país e todo o mundo – enfatizou o prefeito Ednardo Barbosa.        

– Nós sabemos o quanto estes usuários estão ansiosos aguardando os seus procedimentos cirúrgicos e poder dar esta notícia nos deixa muito felizes e tranquilos, pois estamos trabalhando para oferecer uma saúde cada vez mais digna à nossa população – disse o secretário municipal de Saúde, Everton Alvim. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.