Unidade Móvel do Sesc RJ deixa Teresópolis após 4 meses de atendimentos gratuitos

Foram realizados exames de mamografia e Papanicolau para mulheres encaminhadas pelas unidades de saúde do município

Na última sexta-feira (17), a Unidade Móvel Sesc Saúde mulher se despediu de Teresópolis com a realização de 1.034 exames de mamografia, e 296 exames de preventivo do câncer de colo de útero (Papanicolau). Ainda foram feitos 172 atendimentos para educação em saúde. A ação ocorreu na Praça Olímpica Luís de Camões, na Várzea.

A ação ocorreu por apoio da Prefeitura Municipal de Teresópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde, junto ao Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio). Ao longo de 4 meses. “Teresópolis foi o primeiro município do Rio de Janeiro a receber a unidade móvel, e isso é uma prova da responsabilidade e seriedade com que a saúde é tratada no município. Todos os tratamentos de saúde preventiva feitos no período foram agilizados, e cuidados caso a caso com retorno não apenas para a mulher, mas pra todo o núcleo familiar e sociedade”, afirmou o Secretário de Saúde, Antônio Henrique Vasconcellos.

A Unidade Móvel Sesc Saúde Mulher possui duas dalas de 9mx3m, equipada com mamógrafo e mesa ginecológica para realização do Papanicolau. Foram atendidas mulheres de 50 a 69 anos (para mamografia) e 25 a 64 anos (para Papanicolau), após agendamento nas unidades de saúde da cidade e interior. Mulheres fora desta faixa etária também puderam ser atendidas, com apresentação de requisição médica proveniente do serviço público.

Os exames ficaram prontos em uma média de 30 dias, sendo que as imagens de Raio-X eram enviadas via online ao Hospital de Câncer de Barretos (SP). A instituição, referência nacional no tratamento do câncer, era responsável pelo laudo clínico que era encaminhado à SMS, que realizava a devolução às pacientes.

Milésima paciente atendida

Com o total de 1.034 exames de mamografia realizados em Teresópolis, no dia 9 de dezembro o município atendeu a milésima paciente. “Todo o atendimento foi perfeito. Profissionais atenciosos e com muito cuidado, explicando todas as etapas antes de fazer o tratamento. Eu achei o serviço tão bom quanto uma clínica particular”, comenta a artesã, Sandra Talbot Xavier.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.