fbpx

Último fim de semana do “Natal da Esperança” em Niterói

Maestro João Carlos Martins está entre as muitas atrações

No último fim de semana da programação cultural do “Natal da Esperança”, da Prefeitura de Niterói, por meio da Fundação de Arte de Niterói, muitas atrações variadas. No dia 18 de dezembro, as atividades têm início, às 11h, ‘Cantiga de Rodapé: É Natal!’, no Horto de Itaipu; e com ‘Ópera Prima – Auto de Natal’, no Caramujo. Às 19h, o público vai poder assistir ao show do músico Márvio Ciribelli, no Horto do Barreto. Fechando a noite de sábado, às 19h30, duas atrações musicais: Coral Nikity People, com regência de Fátima Regina, no Campo de São Bento; e Orquestra de Cordas da Grota, no Horto do Fonseca.

As atividades de domingo, dia 19, começam às 11h, com três atividades: ‘Arte de Dançar’, no Horto do Barreto; ‘Tirico e as Histórias de Morros e Fossos’, no Horto de Itaipu; e ‘Cia. Mala de Mão’, no Caramujo. Às 19h30, têm Maestro João Carlos Martins, com Orquestra da Grota e Orquestra Jovem de Niterói, no Campo de São Bento; e Bezzouros, no Horto do Fonseca.

No Campo de São Bento, acontece, ainda, o ‘Fim de tarde – Natal da Esperança’, com apresentações artísticas diárias, a partir das 18h30, até o dia 23 de dezembro. 

A programação cultural do “Natal de Esperança” se propõe a ser democrática, com atrações distribuídas por toda a cidade. Os espetáculos acontecem nas Zonas Norte e Sul e na Região Oceânica.

Os shows, nos fins de semana, do Campo de São Bento e do Horto do Fonseca acontecem às 19h30. No Horto do Barreto, às 19h, aos sábados; e às 11h, aos domingos. No Horto de Itaipu e no Caramujo, cujas programações são mais voltadas aos pequenos, às 11h. O calendário completo, até 19 de dezembro, inclui, ainda, apresentações do maestro João Carlos Martins, cujo trabalho como pianista é reconhecido mundialmente, especialmente por suas gravações das obras de Bach. O músico se apresenta com a Orquestra Jovem de Niterói e Orquestra da Grota.

O mote deste ano é realizar um Natal respeitoso, levando alegria e esperança para os niteroienses, além de prestar homenagem às vítimas da Covid-19. A Prefeitura priorizou espaços abertos para a realização dos eventos, que vão acontecer seguindo as normas do Plano Novo Normal Niterói, obedecendo aos protocolos de segurança de enfrentamento da pandemia.

Sobre as atrações do fim de semana:

Dia 18 de dezembro, sábado:

– Cantiga de Rodapé: É Natal

Um espetáculo musical para Infância e Juventude, que apresenta contos e cantigas natalinas, declamadas, cantadas e tocadas ao vivo. Os artistas levam ao palco todo o encantamento do Natal, com elementos circenses, interagindo com a plateia e convidando todos a cantar, brincar e celebrar.

Elenco: Fábio Rocha Pina (Voz, Flauta) | Júlio Augusto Torto (Voz, Violão) | Obirin Odara (Voz, Percussão) | Vinícius Barros (Voz, Violão)

Direção: Fábio Rocha Pina

Produção Executiva: Bruna Galassi

Produção: Teatralmente

– Ópera Prima – Auto de Natal

Há muitos anos, em uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, havia uma jovem que se chamava MARIA… jovem obediente a Deus, e que tinha um coração bom … e Deus lá do céu, a escolheu para ser a mãe do menino Jesus. Um dia, um lindo anjo, enviado por Deus, trouxe uma mensagem para Maria. Mas José, o noivo, ficou muito confuso com aquela situação, afinal de contas eles não eram casados. Deus, então, mandou uma mensagem para José também. O anjo do Senhor apareceu para José em sonho. Esta é a passagem que os atores da Cia Ópera Prima Teatral encenarão nas comemorações na ocasião.

Concepção e Direção – Carrique Vieira | figurinos – Cia Ópera Prima Teatral | caracterização – Jéssica Rosais | trilha Sonora – Carrique Vieira | produção – Cia Ópera Prima Teatral

Elenco: Carrique Vieira, Fernanda Abi-Ramia, Ítalo Garcia, Léo Kaustchs

– Márvio Ciribelli

Possui 18 discos gravados, uma sólida carreira e um jeito próprio e inconfundível de lidar com música. Seu trabalho tem influência direta da fase de ebulição da Bossa Nova e do Samba- Jazz, em que seus mestres, Luiz Eça (Tamba Trio) e Antônio Adolfo (Trio 3D), muito se destacaram. O húngaro Ian Guest também foi professor de Marvio Ciribelli e dele ficou seu parceiro no Choro ‘Era só o que faltava’. Outra grande influência de Ciribelli é o compositor e pianista Ernesto Nazareth. Márvio Ciribelli toca choro, samba, bossa nova e baião, com a liberdade do jazz. Além de se apresentar com concertos de piano solo e com seu grupo de Samba-Jazz e Bossa Nova, Márvio toca com as cantoras Sheila Sá, Raquel Cepeda (venezuelana, radicada nos Estados Unidos) e Mylena Ciribelli, sua irmã que é apresentadora de TV. Também faz e grava arranjos para músicas de Chico Buarque, Tom Jobim, João Bosco, Ernesto Nazareth, Ary Barroso e Chiquinha Gonzaga.

– Coral Nikity People, com regência de Fátima Regina

Composto pelos alunos de canto da professora, cantora e compositora, Fátima Regina. No repertório, mensagens de otimismo, esperança e solidariedade, com composições de Ivan Lins e Vitor Martins, José Felliciano, Guilherme Arantes, Lulu Santos, Michael Jackson, entre outros. O coral será acompanhado pelo tecladista Xandy Bussay.

– Orquestra de Cordas da Grota

Criada em 1995, a partir do trabalho voluntário de músicos e educadores, que queriam oferecer a crianças e jovens da Grota do Surucucu, por meio da formação musical, uma oportunidade de desenvolvimento humano e social. O talento e a dedicação dos jovens transformaram o projeto social em um trabalho musical de valor reconhecido. Hoje, com 250 alunos de flauta, violino, viola, violoncelo, flauta transversa e percussão, sob a direção de Marcio Selles e Lenora Mendes, os músicos da Orquestra de Cordas da Grota encantam plateias seletas, não apenas pela precisão com que executam peças de Bach, Haendel e Vivaldi, mas também pela irreverência com que combinam a música clássica com instrumentos modernos de percussão e cordas, em releituras empolgantes de clássicos da MPB. Desde sua criação, a Orquestra vem se apresentando com regularidade em salas de concerto, teatros, escolas e igrejas de todo o Brazil Foundation, os seis jovens que iniciaram o projeto Grota, há 18 anos, foram representar a Orquestra no IV Annual Gala, um jantar pela América Central a convite do Itamaraty, apresentando-se no Panamá, Costa Rica, El Salvador, Nicarágua e Belize. Em 2010, ao completar 15 anos, a Orquestra gravou seu terceiro CD. Tendo recebido o Título de Patrimônio Imaterial da Cidade de Niterói, apresenta uma série de concertos, retribuindo e divulgando para o público niteroiense a homenagem recebida.

Dia 19 de dezembro, domingo:

– Arte de Dançar

Atua no cenário cultural há 26 anos. É composto de alunos entre idosos, adultos, adolescentes, crianças e crianças com necessidades especiais, advindos de comunidades carentes que, por meio de determinação e amor à cultura, formaram o grupos de dança  ARTE DE DANÇAR da melhor idade, que vem se destacando durante 16 anos, através das participações em espaços culturais e programas de televisão de repercussão nacional. O Projeto Arte de Dançar, com Luciano Mottacontempla mais um marco na história da dança em Niterói, levando de forma gratuita a dança, transmitindo conhecimentos culturais e estimulando o desenvolvimento psicomotor e cognitivo para o publico em geral. Une por estreitos laços, a música e a dança que se fundem em um elo indissociável compartilhados em um grande espetáculo de talentos e diversidade cultural. As modalidades oferecidas são: Dança Mix, Dança de Salão, Hip Hop, Dança Urbanas, Ballet da terceira idade,Jazz, Dança do Ventre, Circuito Funcional, Teatro, Expressão Corpora e Facial, Capoeira, Yoga, Grafite,Aula de DJ e Dança  Inclusiva da MelhorIdade e Especiais(com elementos dignos e cautelosos mostrando a dança nos mais diferenciados ritmos, pontuada por inovações e tendências).

– Tirico e as Histórias de Morros e Fossos

Conta a história de uma criança vivendo a dura realidade da pobreza e da falta de oportunidade. Criada somente pela mãe, após a morte do pai, vai trabalhar na lavoura de cana-de-açúcar em troca do sonho de melhorar sua condição de vida, mas lá sofre todas as mazelas da exploração do trabalho infantil. Ao final, consegue redescobrir a esperança, por meio do circo. Trata-se de um espetáculo infanto-juvenil com temática adulta, apresentado de forma dinâmica, lúdica, profunda e surpreendente.

Autor: Sylvio Moura | diretor: Sylvio Moura | direção musical: Rel Rocha | direção de produção: Rhaiany Soares | elenco: Clara Taranto, Bia Ribeiro, Emiliano Fischer, Anna Clara Pessôa e Ian Oliveiras | músicos: Rel Rocha e Rhaiany Soares

– Cia. Mala de Mão

Com números que incluem desde fogo, acrobacias atrapalhadas, mágicas cômicas, malabares desastrados e reprises clássicas da arte do picadeiro, esta Cia. vem firmando seu compromisso com a arte pública de qualidade estrelando espetáculos engajados em temáticas atuais, com valorização à Arte de Rua. A trupe tem como referência para sua poética e estética o diálogo com outros artistas, circenses ou não, que possam contribuir para a criação de uma linguagem crítica, lúdica e engraçada para seus espetáculos. Entre eles, destacam-se Mestre Benjamim de Oliveira, Mestra Maria Eliza Alves, Abdias do Nascimento e Jocanfer.

– Maestro João Carlos Martins, com Orquestra da Grota e Orquestra Jovem de Niterói

João Carlos Martins, que já teve sua vida registrada em dois documentários europeus vencedores de festivais internacionais e, após uma carreira meteórica como pianista, com mais de mil apresentações no exterior, deixou como legado a gravação completa da obra de J.S.Bach para teclado. Em 2004, iniciou uma nova carreira aos 63 anos como maestro, transformando-se no músico clássico brasileiro mais requisitado pelo Brasil afora.

Depois de se apresentar nas mais importantes casas de espetáculos do mundo, em dezenas de países diferentes, o maestro chega a Niterói para um recital que promete ser inesquecível, com as participações da Orquestra Jovem de Niterói – resultado do trabalho contínuo de formação em música desenvolvido pelo Programa Aprendiz Musical (que existe há 20 anos e é mantido pela Prefeitura de Niterói, por meio da FAN) com crianças e jovens da cidade e que foi criada para permitir que os estudantes egressos das escolas municipais pudessem dar continuidade aos estudos musicais – e da Orquestra da Grota – que, ao longo de 25 anos, se apresentou em cidades do Brasil e do exterior e recebeu diversas premiações. Assim, cada jovem se torna um vetor em sua comunidade e ao compartilhar seus saberes com outros, multiplica e potencializa o conhecimento adquirido.

– Bezzouros

Sucesso na International Beatleweek 2019 (21 a 28/08, Liverpool – Reino Unido), a Bezzourosé uma banda com diversas definições, porém seus integrantes preferem dizer que se trata de “um grupo formado por amigos para extravasar o amor pela música antiga tendo os Beatles como a sua maior Influência”. Dessa forma, esses 6 talentosos músicos de Niterói (RJ) resumem de forma abrangente todas as características da banda. Com a experiência internacional – International Beatleweek (Liverpool, 2007/2008/2011/2012), Semana Beatle de Latinoamérica (Buenos Aires, 2012) – e o preciosismo dos detalhes comandados por Rodrigo Toledo (guitarra e vocais), a poderosa voz e presença de palco inigualável de Daniel de Almeida (guitarra, violão e vocais), o brilhantismo e a musicalidade de Victor Nogueira (teclado, guitarra e vocais), a paixão e a precisão de Glauco Velloso (contrabaixo e vocais) e a fidelidade nas Orquestrações de Tiago Nagel (teclados e vocais) a ‘Bezzouros’sabe levar o público para outro tempo, emocionando com execuções primorosas de canções uma saudosa época. O repertório é recheado de inesquecíveis hits dos Beatles, além de bandas também clássicas, como ‘The Mamas and The Papas’, ‘The Hollies’, ‘Herman’s Hermits’, ‘The Monkees’, ‘The Animals’, ‘Crosby’, ‘Stills and Nash’, entre outros.

Endereços:

– Campo de São Bento – Alameda Edmundo de Macedo Soares e Silva, s/n – Icaraí – apresentações sempre às 19h30

– Horto do Fonseca – Alameda São Boaventura, 770 – Fonseca – apresentações sempre às 19h30

– Horto do Barreto – R. Dr. Luiz Palmier, s/n – Barreto – apresentações às 19h, no sábado; e às 11h, no domingo

– Horto de Itaipu – R. Dr. Pálvaro da Silva, 852 – Itaipu – apresentações sempre às 11h

– Caramujo – Rua do Alto, 130 – apresentações sempre às 11h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: