Uerj oferece 8 mil tablets e 12 mil chips de internet para alunos com renda baixa

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) está oferecendo 8 mil tablets e 12 mil chips com internet para alunos com renda de até dois salários mínimos. O objetivo da instituição é democratizar o acesso às aulas online, que terão início no dia 14 de setembro.

Os equipamentos serão disponibilizados aos alunos dos cursos presenciais de graduação, pós-graduação stricto sensu e educação básica do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (Cap-Uerj).

Os estudantes interessados terão até a próxima sexta-feira (28) para solicitar os equipamentos no site da universidade.Fachada da Uerj — Foto: Reprodução/G1

Bolsa de R$ 600

Como parte do programa de inclusão digital da Uerj, os estudantes dos cursos de graduação e do CAp-Uerj, que atualmente têm direito à bolsa permanência, receberão um auxílio emergencial no valor de R$ 600,00, em parcela única, em setembro.

Esse auxílio é independente dos outros dois recursos oferecidos (tablets e chips).

Segundo o governo do Rio, os equipamentos foram adquiridos pela Secretaria de Ciência e Tecnologia, por R$ 8,5 milhões.

Regras para solicitaçã

A distribuição dos tablets, que será feita através do edital do Programa de Auxílio Digital, contemplará os alunos com matrícula ativa e inscritos em pelo menos uma disciplina, com renda familiar per capita bruta de até dois salários mínimos (R$ 2.090). Cotistas estão dispensados de apresentar comprovação de renda, mas também precisam fazer a inscrição.

O edital do Programa de Auxílio Digital, que oferece os chips com acesso à internet, tem os mesmos requisitos. No entanto, o documento recebeu um termo aditivo, que incluiu os estudantes de pós-graduação lato sensu entre o público-alvo.

Portanto, aqueles que estiverem cursando especialização e estão dentro da renda máxima estipulada também podem se inscrever. Terá prioridade quem não possuir bolsa acadêmica de qualquer natureza.

O edital completo com todas as orientações e o formulário eletrônico estão disponíveis na página www.pr4.uerj.br.

UFRJ também adota auxílio

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que está prestes a completar 100 anos, retomou as aulas de um jeito diferente, em meio à pandemia do coronavírus. A instituição também facilitou o acesso à internet para alunos de baixa renda.

A universidade concedeu ajuda a cerca de 3.400 estudantes: cada um recebeu R$ 1 mil para comprar um computador e acompanhar as aulas a distância. A UFRJ também distribuiu chips de internet. Os estudantes precisaram comprovar a compra dos equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito