TSE confirma reeleição do prefeito Dr. Silvestre, em Varre-Sai

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou o registro de candidatura e a reeleição do prefeito de Varre-Sai, no Noroeste Fluminense, Dr. Silvestre Gorini, e do vice-prefeito, João do Godo. Na ocasião do julgamento o resultado foi procedente para os recursos (REspe 060028489 e 060028574), interpostos pela coligação “Varre-Sai no Caminho Certo”, que solicitava a reforma da sentença da juíza da 43ª Zona Eleitoral, Leidejane Chieza Gomes da Silva e do acordão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), que rejeitou a solicitação de registro de candidatura dos eleitos no poder Executivo e dos candidatos a vereadores do Partido Progressista (PP), por conta de nulidade de convenção, pelo fato de o presidente da legenda, o ex-prefeito Everardo Ferreira estar com os direitos políticos suspensos por conta de condenação por improbidade administrativa. O ministro Sérgio Banhos, relator de um dos recursos, ficou vencido no julgamento.

Em entrevista ao O Dia o prefeito reeleito disse que “Estava otimista aguardando o resultado do julgamento, mas se tratava de uma decisão judicial. Estou satisfeito com o desfecho final, pois a justiça foi feita! Agora é tomar providências e fazer as previsões para os próximos quatro anos de governo, onde teremos muitas obras e projetos a serem realizados no município”, afirmou Silvestre José Gorini.

 

Votação – Por maioria, seis ministros sendo Edson Fachin, Luís Salomão, Alexandre de Moraes, Mauro Campbell, Tarcísio Vieira e Luís Roberto Barroso discordaram do voto do relator Sérgio Banhos, que defendia a manutenção da decisão das instâncias anteriores. Com isso, os votos de Dr. Silvestre Gorini foram considerados válidos e ele será diplomado nesta sexta-feira (18), para o seu terceiro mandato. Com a decisão, também são válidos os votos depositados nos candidatos a vereadores do Partido Progressista, razão pela qual o coeficiente eleitoral deverá ser recalculado, resultando na alteração parcial da composição inicial dos eleitos para a Câmara Municipal.
De acordo com a 43ª Zonal Eleitoral, em virtude das medidas de prevenção ao contágio da Covid-19, não será realizada nenhuma cerimônia e os eleitos retirarão seus diplomas de maneira individual, por meio de agendamento prévio e sem a presença de outras pessoas. O ato ocorrerá no cartório anexo ao Fórum, no Centro de Natividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: