fbpx

Trânsito complica na divisa de Duque de Caxias e Magé

A montagem de barreiras sanitárias para proibir a entrada de veículos de outras cidades no município de Magé vem gerando intensa dificuldade para os moradores e condutores de veículo do distrito de Piabetá. Para ter acesso àquela cidade, o veículo tem que ter placa de Magé ou o motorista deve apresentar um comprovante de residência do município. O motivo é limitar a circulação de pessoas como forma de prevenção em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19).

A dificuldade de acessar o município vizinho, principalmente nos horários da manhã e no final da tarde, vem provocando grandes congestionamentos no trânsito. Em decorrência deste transtorno, o prefeito de Magé buscou ajuda junto à Secretaria Municipal de Políticas de Segurança, Infraestrutura Urbana e Gestões Tecnológicas de Duque de Caxias, solicitando para a divisa das duas cidades equipes da guarda municipal, para atuarem na organização do trânsito e na orientação aos motoristas.

Segundo o secretário municipal de Políticas de Segurança de Duque de Caxias, Robson Paschoal, a cidade foi muito impactada com essa decisão de Magé. Todo esforço da Guarda Municipal tem o objetivo de facilitar o fluxo das pessoas e evitar que aconteçam mais transtornos futuros. A presença da GM será contínua enquanto houver essa barreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: