Tornado deixa mortos e centenas de feridos na China

Dois tornados mataram pelo menos 12 pessoas e deixaram mais de 400 feridos durante a madrugada deste sábado (15), depois de passarem pelo centro e leste da China. Ventos de até 260 km/h varreram a metrópole de Wuhan, berço da pandemia de coronavírus.

Oito pessoas morreram e 280 ficaram feridas, de acordo com as autoridades da província de Hubei, da qual Wuhan é a capital. Dois guindaste de construção foram atingidos pela ventania e um deles desabou em um canteiro de obras, causando grandes estragos. Veículos foram danificados, árvores arrancadas e galpões destelhados.

Mais de 26 mil chineses ficaram sem eletricidade depois que postes de energia foram destruídos. Cerca de trinta casas desabaram.

Em Suzhou, perto de Xangai, na costa, os ventos atingiram 200 km/h, disseram as autoridades locais, deixando quatro mortos, um desaparecido e 130 feridos, segundo um balanço preliminar.

Imagens postadas em redes sociais mostraram um vórtice preto causando danos significativos em seu caminho.

No início de maio, uma violenta tempestade, acompanhada de fortes ventos, matou 11 pessoas em uma cidade perto de Xangai.

Em março, a capital Pequim e uma dezena de províncias do norte do país enfrentaram ventos de areia vindos do deserto de Gobi. Foi a tempestade de areia mais violenta dos últimos dez anos.

Ventos de mais de 100 km/h derrubaram um guindaste e deixaram muitos estragos em Wuhan, na China, no sábado (15) — Foto: STR/AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: