Tite esboça Seleção sem Firmino e testa Gabigol e Gabriel Jesus no ataque; veja provável escalação

seleção brasileira terá novidades na escalação para a partida contra o Equador, nesta sexta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

A principal delas é a saída de Roberto Firmino, titular nas quatro primeiras rodadas das Eliminatórias e artilheiro do Brasil na competição, ao lado de Neymar, com três gols.

Gabigol, Gabriel Jesus e Richarlison foram testados no ataque da Seleção no lugar do jogador do Liverpool.

O técnico Tite comandou na manhã desta quarta-feira o último treinamento da Seleção na Granja Comary antes da viagem para Porto Alegre e, embora tenha fechado parte do trabalho tático, deu pistas da provável escalação.

A CBF exibiu apenas trechos da atividade em seu canal oficial. Porém, segundos antes da transmissão ser interrompida, foi possível ver Tite separando titulares e reservas. Neste momento, os jogadores que ficaram no campo com o treinador foram:

Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred, Richarlison, Lucas Paquetá, Neymar e Gabigol.

Gabigol pode ser titular da seleção brasileira contra o Equador — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Depois, quando a transmissão foi retomada, titulares e reservas se enfrentavam. Neste etapa, Tite também utilizou Gabriel Jesus no lugar de Gabigol.

Disputando uma vaga no ataque, Gabigol e Gabriel Jesus tiveram uma conversa reservada com Tite logo no começo da atividade desta quarta.

Tite em conversa com Gabigol e Gabriel Jesus em treino na Granja — Foto: Reprodução/CBF TV

Além da saída de Firmino da equipe titular, outra novidade é a substituição de Renan Lodi, titular nos primeiro quatro jogos das Eliminatórias, por Alex Sandro. A mudança já havia sido ensaiada em outros treinos.

No meio, Fred ganha a vaga e Douglas Luiz, que está suspenso do duelo contra o Equador, por ter recebido dois cartões amarelos.

Além disso, Lucas Paquetá deve ser titular pela primeira vez nestas Eliminatórias.

Everton Ribeiro, o outro meia à disposição de Tite, não apareceu no gramado nesta quarta-feira. Ele já havia treinado à parte na terça, realizando um trabalho regenerativo, assim como o zagueiro Rodrigo Caio, que participou normalmente da atividade com o grupo nesta quarta.

O meia do Flamengo havia se queixado de um pisão no pé no último domingo, na partida contra o Palmeiras.

A Seleção deixará a Granja Comary à tarde, por volta das 15h30 (de Brasília), e rumará ao Rio de Janeiro para pegar o voo para Porto Alegre. A chegada ao hotel na capital gaúcha está prevista para as 20h30. Na quinta, a equipe trabalhará no Beira-Rio, palco do duelo contra o Equador, na sexta-feira, às 21h30.

Tite vem comandando treinamentos desde a última sexta-feira no campo da Granja, de olho nos confrontos pelas Eliminatórias da América do Sul contra Equador, na sexta, em Porto Alegre, e Paraguai, na próxima terça, em Assunção. O time também trabalha já de olho na Copa América, que será realizada no Brasil a partir do dia 13 de junho.

O treinador só passou a contar com o grupo completo na Granja na terça, quando chegaram o goleiro Ederson e o atacante Gabriel Jesus, que participaram da final da Liga dos Campeões, no último sábado, com o Manchester City. Thiago Silva, campeão europeu com o Chelsea, chegou na noite de segunda-feira. Ele se juntou à seleção brasileira mesmo depois de sofrer uma lesão na coxa esquerda na final da Champions.

Thiago Silva não foi cortado da lista por uma opção da comissão técnica, em acordo com o zagueiro. Após receber os resultados dos exames realizados por Thiago ainda em Portugal, o médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, explicou o caso à comissão técnica, que optou por manter a convocação do jogador, visando sua recuperação para a Copa América. Rodrigo Caio, porém, foi convocado para ser uma opção principalmente para os jogos das Eliminatórias.

Enquanto o grupo não ficava completo, participaram dos treinamentos até esta terça cinco jovens jogadores de Athletico-PR, Flamengo e Fluminense: os goleiros João Fernando (Flamengo, 20 anos) e Léo Linck (Athletico, 20 anos), o zagueiro Luan Patrick (Athletico, 19 anos), o meia Daniel Cabral (Flamengo, 19 anos) e o atacante Matheus Martins (Fluminense, 17 anos).

O Brasil é líder das Eliminatórias da Copa do Mundo após quatro rodadas, com 100% de aproveitamento, somando 12 pontos. Nos primeiros quatro jogos, a Seleção superou Bolívia (5 a 0), Peru (4 a 2), Venezuela (1 a 0) e Uruguai (2 a 0).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: