Teresópolis é tema de vídeo aula de Marketing da Universidade Federal Fluminense

Teresópolis é tema de vídeo aula de Marketing de Destino Turístico da Universidade Federal Fluminense

As potencialidades de Teresópolis, a vocação do município para a prática do ecoturismo, do turismo rural, esportivo, de compras, cervejeiro e gastronômico, as ações estruturantes e os desafios de resiliência elencados no planejamento estratégico da Gestão Municipal para o setor. Estes foram alguns dos temas apresentados pelo secretário municipal de Turismo, Mauricio Weichert, em videoconferência na última sexta-feira, 12/03, com os alunos da disciplina de Marke ting de Destino Turístico do programa dos cursos de graduação em Turismo e Hotelaria da Universidade Federal Fluminense – UFF.

“Participei como palestrante convidado do bate-papo virtual com o professor Eduardo Vilela, onde apresentei o que o destino turístico Teresópolis oferece, nossas estratégias para o fortalecimento deste importante segmento econômico e as oportunidades para os futuros turismólogos atuarem. Foram quase duas horas de videoconferência muito interessante, com bastante interação dos alunos”, relatou Maurício Weichert.

Decano da Faculdade de Turismo e Hotelaria da UFF, o professor da disciplina de Marketing de Destino Turístico, Eduardo Vilela, demonstrou otimismo no desenvolvimento do setor em Teresópolis. “Isso face ao profissionalismo e competência do atual secretário de Turismo, além do potencial dos atrativos urbanos e rurais, do resgate da autoestima dos residentes, da confiança dos empresários e do fortalecimento da marca Teresópolis desde o início da gestão do Prefeito Vinicius Claussen, em 2018”, opinou. Doutorando em Turismo no programa de Gestão do Turismo da Universidade de Aveiro, no norte de Portugal, Edua rdo Vilela destacou o interesse da Gestão Municipal na estruturação de um centro de pesquisa e captação de dados para contribuir com a formulação de propostas de políticas públicas para o segmento. “Prevejo para o turismo de Teresópolis não apenas um aumento quantitativo do fluxo turístico, mas do ticket médio, fundamento na capacidade da geração de valor para o setor”.

Destaques

Turismólogo, pós-graduado em Docência, Gestão e Inovação, consultor para o Ministério do Turismo, a Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV), o SEBRAE e a Rota Cervejeira-RJ, o secretário de Turismo, Maurício Weichert, pontuou as principais potencialidades turísticas do município.

Integrante da Categoria B no Mapa Turístico Brasileiro/Ministério do Turismo e considerada a cidade mais segura do Estado do Rio de Janeiro e a 10º mais segura do Brasil em 2019, Teresópolis é cercada por três unidades de conservação ambiental: o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, o Parque Estadual dos Três Picos e o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis. Detém títulos de destaque, como os de Capital Nacional do Montanhismo e do Lúpulo e da Casa da Seleção Brasileira de Futebol por sediar o Centro de Treinamento da CBF, além possuir a maior feira de artesana to do estado – a Feirarte.

“Usem Teresópolis para ser o local de trabalho de campo do curso. Pratiquem a teoria do turismo em Terê. Estágio obrigatório? Que tal Terê?”, sugeriu Maurício Weichert aos alunos da disciplina de Marketing Turístico da UFF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: