Terceira semana de vacinação no Rio pode ficar comprometida por ausência de novas remessas

O município do Rio acendeu um alerta em relação à possibilidade das novas remessas de vacinas contra a Covid-19 não conseguirem chegar à cidade para cumprir o calendário da próxima semana. Tendo como exemplo os municípios de São Gonçalo e Niterói, que estão com a campanha de vacinação suspensa desde sexta (5) e sábado (6), respectivamente, a Prefeitura do Rio ainda não recebeu os lotes.

Caso as novas remessas não cheguem até quinta-feira (11), idosos de 80 a 84 anos podem ficar sem a primeira dose no período estipulado. Cerca de 282 mil vacinas da Coronavac estão previstas para chegarem ao estado do Rio de Janeiro, sendo que este total será dividido para os 92 municípios. Por ser em pequena quantidade, a Prefeitura do Rio está no aguardo de novas remessas de outras fabricantes. Até o momento, pouco mais de 192 mil pessoas já foram vacinadas na cidade do Rio.

Sobre a possibilidade de atraso na próxima remessa, a Secretaria Municipal de Saúde, se ausentou da responsabilidade e disse que o cronograma de novas remessas é de responsabilidade do Ministério da Saúde. “O calendário de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde foi planejado e está sendo executado com base nas doses já recebidas pelo Município e conforme cronograma de novas remessas de vacinas anunciado pelo Ministério da Saúde para as próximas semanas. A SMS segue sempre os grupos prioritários e as etapas previstas pelo Programa Nacional de Imunizações”, disse a SMS em nota.

Segunda semana de vacinação no Rio

A cidade do Rio começou nesta segunda a segunda semana da vacinação dos idosos contra a Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde atende até sábado a população entre 85 e 89 anos, de forma escalonada. Nesta segunda-feira, os idosos de 89 anos são vacinados, e a cada dia se reduz um ano da faixa etária, até sexta-feira. No sábado, é a vez daqueles que não conseguiram comparecer ao longo da semana procurarem os postos drive-thru, os centros municipais de saúde e as clínicas da família.

Niterói solicita novas remessas

A Prefeitura de Niterói solicitou ao Ministério da Saúde e ao governo do estado uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19 para prosseguir a imunização na cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 20.325 pessoas – entre trabalhadores da saúde, idosos e pessoas com deficiência – receberam a primeira dose no período de três semanas, esgotando o imunizante nas policlínicas municipais. Como não há mais doses disponíveis, a vacinação em policlínicas foi suspensa. Em pronunciamento nas redes sociais na última segunda-feira (08), o prefeito Axel Grael reiterou que Niterói

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: