Teatro Municipal Carlos Gomes será ponto de vacinação contra a Covid-19 para pessoas em situação de rua

A partir da próxima terça-feira (13), às 8h, o Teatro Municipal Carlos Gomes, na Praça Tiradentes, será palco de vacinação contra a Covid-19, com prioridade para pessoas em situação vulnerável no Centro do Rio. Isto graças a uma parceria entre a Prefeitura do Rio e a ONG Core, fundada pelo ator americano Sean Penn. Esta semana, os secretários municipais Daniel Soranz (Saúde) e Marcus Faustini (Cultura) fizeram uma visita técnica ao local para checar onde as vacinas serão mantidas em segurança. Ambos estarão a postos para o início da vacinação na terça, junto com os irmãos Petro e Margô do duo Marepô, da Ilha do Governador, que farão uma apresentação musical na porta do teatro das 8h às 9h30.

– A vacina é o principal impulso para a retomada da cultura na cidade. A prefeitura está trabalhando de forma articulada para avançar na vacinação e, desta forma, retomar as atividades – diz o secretário municipal de Cultura Marcus Faustini.

Em 2022, o Carlos Gomes completa 150 anos e deverá ser reaberto com toda pompa e circunstância ao público. Uma das situações mais críticas entre os equipamentos culturais fechados encontrados pela atual gestão municipal, o teatro de estilo Art déco receberá investimento de aproximadamente R$ 2,5 milhões para, entre outros reparos, reforma do Salão Guarany com climatização, reforma dos banheiros públicos, troca de espelhos, piso da varanda, rede separadora de esgoto, pintura, modernização de poltronas e caixa de palco.

O Carlos Gomes está fechado desde o início de 2020 em razão das condições técnicas e da pandemia. Não está interditado, mas fechado para uso. A atual gestão, que entrou em janeiro deste ano, encontrou, entre outros problemas, infestação de cupins, iluminação cênica depredada, falhas na pintura geral, falta de manutenção de maquinários e elevador, necessidade de reforma do piso e dos banheiros.

A Secretaria de Governo e Integridade Pública, por meio da Coordenadoria Geral de Relações Internacionais e Cooperação, articulou a parceria com a ONG Core para ampliar a vacinação contra a Covid-19 no Rio de Janeiro. A organização, atualmente, cuida da logística da imunização, em apoio ao SUS, nos seguintes pontos: Parque Olímpico (Barra), Ginásio Miécimo da Silva (Campo Grande) e quadras da Portela (Oswaldo Cruz) e Mocidade (Padre Miguel).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: